Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Incentivos à Portucel precisam de autorização da Comissão Europeia

A concessão dos incentivos fiscais e financeiros pelo Estado ao investimento projectado pela Portucel terá de ter a «luz verde» da Comissão Europeia.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 20 de Junho de 2006 às 18:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A concessão dos incentivos fiscais e financeiros pelo Estado ao investimento projectado pela Portucel terá de ter a «luz verde» da Comissão Europeia.

O grupo Portucel-Soporcel viu aprovada no dia 19 de Junho, por publicação em Diário da República, a decisão do Governo em conferir benefícios fiscais ao seu investimento de 670 milhões de euros numa nova unidade papeleira e na modernização da unidade já existente.

«No entanto, a conclusão do referido processo, que apenas ocorrerá após a formalização definitiva dos contratos de incentivos e quando a Comissão Europeia considerar a concessão dos incentivos previstos naqueles contratos compatíveis com o Mercado Comum», anunciou a empresa em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Os incentivos que o Estado irá conceder à Portucel rondam os 20% do investimento total, um valor que corresponde ao máximo de ajudas do Estado permitidas pela lei comunitária.

As acções da Portucel [ptcl] encerraram a sessão a recuar 0,47% para os 2,13 euros.

Ver comentários
Outras Notícias