Desporto Incerteza política na Catalunha determina queda de 15% nas vendas do Barcelona

Incerteza política na Catalunha determina queda de 15% nas vendas do Barcelona

Desde o referendo à independência da Catalunha, a 1 de Outubro, que as visitas ao museu do Barcelona, bem como a venda de produtos da equipa nas lojas da cidade, recuaram entre 15% a 20%.
Incerteza política na Catalunha determina queda de 15% nas vendas do Barcelona
reuters, bloomberg
Ana Laranjeiro 27 de fevereiro de 2018 às 10:24

Desligar a situação política da actividade desportiva, no caso do Barcelona, parece difícil. A incerteza política na Catalunha, vivida nos últimos meses, teve efeitos sobre as vendas do clube de futebol mais relevante da região.

De acordo com o El Mundo, o Barça detectou alguns indícios que poderiam afectar a sua quota de mercado com a subida do movimento soberanista. Contudo, estes sinais tornaram-se mais concretos para o clube catalão após o referendo de 1 de Outubro, que Madrid considerou ter sido ilegal.

O referendo reforçou a vontade da direcção do Barcelona em separar claramente as águas: a política de um lado e o desporto de outro. Mas o clube não quer, contudo, desligar-se da sociedade catalã, de acordo com fontes do jornal.  

A incerteza política verificada na região tem estado a afectar as vendas do clube de Messi. As visitas aos museu e ao estádio, no âmbito do Tour Camp Nou Experience, bem como a venda de produtos do Barça nas lojas da cidade caíram entre 15% e 20% depois do referendo de 1 de Outubro. Para o clube, segundo o periódico, esta quebra nas vendas está relacionada com a questão política e não com o atentado terrorista ocorrido em Agosto.

Além disso, esta quebra tem lugar sensivelmente no mesmo período em que o turismo na Catalunha também caiu. Desceu 13,9% em Dezembro – o terceiro mês consecutivo de quedas, segundo o El Mundo.

 




Saber mais e Alertas
pub