Start-ups Nova incubadora de start-ups de saúde quer "colocar Portugal no mapa da inovação”

Nova incubadora de start-ups de saúde quer "colocar Portugal no mapa da inovação”

O projecto Healthcare City, a instalar em Lisboa a partir desta quinta-feira, envolve a NOVA Medical School, a Janssen, a Lusíadas Saúde e a Médis.
Nova incubadora de start-ups de saúde quer "colocar Portugal no mapa da inovação”
Ana Laranjeiro 20 de abril de 2016 às 14:57

Vai "nascer" esta quinta-feira, 21 de Abril, em Lisboa, uma incubadora para start-ups para a área da saúde. Chama-se Healthcare City e as candidaturas "para projectos inovadores capazes de dar resposta às necessidades que existem actualmente no mercado", prolongam-se até ao próximo dia 20 de Maio.

"Através do ecossistema pensado para a Healthcare City, os empreendedores poderão chegar de forma mais rápida ao mercado para comercializar os seus produtos ou serviços e, também, assegurar uma maior taxa de sucesso para as suas start-ups. A forma como as start-ups entram no mercado está a mudar, e é essa a realidade que os empreendedores vão encontrar na Healthcare City", refere o comunicado enviado às redacções.

Este espaço, que tem a ambição de "colocar Portugal no mapa da inovação na saúde", pretende receber empreendedores e investigadores de todo o mundo "e prestar apoio às start-ups através de serviços corporativos, de co-desenvolvimento, ‘mentoring’, cedência de espaço para escritório, disponibilização de laboratórios e hospitais para testes-piloto, em estreita ligação com os seus fundadores, empresas de relevo na área da saúde".

Este local de incubação resulta, explica o comunicado, da parceria entre a NOVA Medical School| Faculdade de Ciências Médicas (NMS|FCM), a Janssen, uma empresa farmacêutica, a Lusíadas Saúde e a Médis.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI