Banca & Finanças Inquérito ao Banif com dificuldades em contactar consultora da Oitante

Inquérito ao Banif com dificuldades em contactar consultora da Oitante

Chama-se N+1, é espanhola e não tem representação em Portugal. Trabalhou para o Banif mas a comissão de inquérito não a consegue contactar.
Inquérito ao Banif com dificuldades em contactar consultora da Oitante
Miguel Baltazar
Diogo Cavaleiro 05 de abril de 2016 às 15:20

A comissão de inquérito ao Banif está a ter "dificuldades em localizar" a consultora N+1. Assim, ainda não há data para ouvir a empresa, de origem espanhola e que trabalhou com o Banif.

 

A data indicativa para a audição de representantes desta boutique financeira era 20 de Abril mas o presidente da comissão, o deputado comunista António Filipe, informou que não foi possível contactá-los. Santiago Eguidazu é o presidente da entidade.

 

Como ainda não foi possível contactar a sociedade, no dia 20 de Abril vai realizar-se a audição do presidente da Oliver Wyman, que trabalhou com o a reestruturação e, depois, na resolução com o Banco de Portugal.

 

A N+1 trabalhou com o Banif nos últimos anos e, segundo o Diário Económico, está também a assessorar a venda do Banif Banco de Investimento, actualmente nas mãos do veículo Oitante, que pertence ao Fundo de Resolução.

 

Na próxima semana, Carlos Tavares, presidente da CMVM, é ouvido dia 13, sendo que seguem depois audições de representantes da PwC (PricewaterhouseCoopers) e E&Y (Ernst & Young).




pub

Marketing Automation certified by E-GOI