Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Investidores de Hong Kong e de Abu Dhabi podem estar interessados na Reebok

Um consórcio de investidores poderá estar interessado na aquisição da Reebok, estando a conjecturar uma oferta na casa dos 2,2 mil milhões de dólares. A Adidas, que comprou a Reebok em 2006, está a reagir de forma positiva com as acções a subir perto de 5%.

A carregar o vídeo ...
Investors Plan Bid for Adidas’ Reebok Unit: WSJ
Negócios 20 de Outubro de 2014 às 15:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O consórcio liderado pelo fundo de investimento Jynwel Capital, sediado em Hong Kong, mas no qual também participam investidores com ligações às autoridades de Abu Dhabi, poderá avançar com uma oferta de 2,2 mil milhões de dólares (cerca de 1,7 mil milhões de euros) para a aquisição da marca de origem britânica Reebok.

 

A proposta deverá ser apresentada em breve aos administradores da marca alemã Adidas, que comprou a Reebok em 2006 por 3,8 mil milhões de dólares (perto de 3 mil milhões de dólares). Com a compra da Reebok, a Adidas pretendia formar a maior marca mundial de roupa desportiva, um objectivo que não obteve grande sucesso na medida em que a Nike continua a liderar os principais mercados mundiais, como o dos Estados Unidos.

 

O Wall Street Journal escrevia esta segunda-feira que é "iminente" o momento para que a proposta chegue junto dos responsáveis da Adidas. Isto numa altura em que a Reebok tenta reposicionar-se no mercado, especialmente depois de a NFL ter substituído, em 2012, a marca britânica como marca oficial da liga de futebol americano.

 

Os títulos da Adidas estão a reagir de forma positiva a estas notícias, estando as acções a apreciar 4,83% para 57,28 euros.

Ver comentários
Saber mais Adidas Reebok Nike Hong Kong Jynwel Capital Abu Dhabi
Mais lidas
Outras Notícias