Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Investidores ficaram com 98,9% das acções do aumento de capital do BCP

O aumento de capital do Banco Comercial Português (BCP), que compreendeu a emissão de 1.083.270.433 novas acções, foi subscrito em 98,9% pelos accionistas do banco através do exercíco dos direitos de subscrição, anunciou o BCP em comunicado à CMVM.

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 28 de Abril de 2008 às 18:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O aumento de capital do Banco Comercial Português (BCP), que compreendeu a emissão de 1.083.270.433 novas acções, foi subscrito em 98,9% pelos accionistas do banco através do exercíco dos direitos de subscrição, anunciou o BCP em comunicado à CMVM.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o BCP informa que "foi totalmente subscrito o aumento de capital social".

"No exercício de direitos de subscrição foram subscritas 1.071.230.855 acções, representativas de cerca de 98,9% do total de acções a emitir no âmbito da presente Oferta Pública de Subscrição, tendo ficado disponíveis para rateio 12.039.578 acções", detalha a mesma fonte.

Os pedidos suplementares de acções em rateio totalizaram 1.292.988.792 acções.

Apesar do aumento de capital estar tomado firme, não foi necessário a suabcrição de acções por parte dos bancos de investimento, uma vez que as acções não subscritas através do exercício de direitos, foram atribuidas através de rateio.

A liquidação financeira das acções subscritas no exercício dos direitos de subscrição deverá ocorrer a 29 de Abril de 2008 e a liquidação financeira das acções atribuídas em rateio deverá ocorrer a 30 de Abril de 2008, de acordo com o comunicado emitido hoje.

O BCP informa também que requereu à Comissão Executiva da Euronext Lisbon – Sociedade Gestora de Mercados Regulamentados, S.A., a admissão à negociação no Eurolist by Euronext Lisbon da totalidade de acções objecto do presente aumento de capital.

Ver comentários
Outras Notícias