Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Investidores reagem mal a resultados melhores do que esperado do Deutsche Bank

Os investidores reagiram mal aos resultados do Deutsche Bank, que foram melhores do que as estimativas dos analistas e mais de três vezes superiores aos do período homólogo. As acções seguem a descer 2,69% para 53,85 euros.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 21 de Outubro de 2009 às 08:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
Os investidores reagiram mal aos resultados do Deutsche Bank, que foram melhores do que as estimativas dos analistas e mais de três vezes superiores aos do período homólogo. As acções seguem a descer 2,69% para 53,85 euros.

O resultado líquido preliminar subiu mais do que três vezes, para 1,4 mil milhões de euros, de 435 milhões de euros no ano anterior, segundo a Bloomberg, que cita o comunicado do banco. O lucro excede a média das estimativas, que apontava para 811 milhões de euros, segundo os 12 analistas inquiridos pela Bloomberg.

A impulsionar o resultado líquido estiveram também créditos fiscais e a resolução de auditorias fiscais relacionadas com anos anteriores, segundo a Bloomberg que cita o comunicado do banco. O lucro antes de impostos foi de 1,3 mil milhões de euros. Um valor que compara com as estimativas que apontavam para 1,19 mil milhões de euros.

O CEO do Deutsche Bank, Josef Ackermann, ultrapassou a pior fase da crise sem recorrer a ajudas governamentais. O banco alemão beneficiou de taxas de juro historicamente baixas, que conduziram as receitas de operações com dívida, divisas e matérias-primas a um valor recorde no JPMorgan, de acordo com a Bloomberg, que cita analistas.

“O Deutsche Bank é claramente um dos que sai beneficiado da crise”, disse o chefe de análise e estratégia, do Julius Baer & Co, Chritian Gattiker. Eles “ultrapassaram a crise muito mais cedo do que a maioria dos rivais”, acrescentou.

O banco acumula uma subida de 93,5%, desde o início do ano.





Ver comentários
Outras Notícias