Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Jerónimo Martins obtém lucros de 58,2 milhões de euros em 2003

A segunda maior distribuidora nacional verificou um resultado líquido de 58,2 milhões de euros em 2003, um valor que compara com os 204,3 milhões de euros de prejuízos verificados no ano anterior e ficou acima das estimativas dos analistas.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 09 de Março de 2004 às 22:17
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Apesar de considerar que 2004 ainda será um ano difícil, a Jerónimo Martins diz que vai continuar este ano a «consolidar a sua estratégia, prevendo, não só apresentar melhorias nos seus indicadores de rentabilidade, como também criar valor para os seus accionistas».

A empresa acrescenta que a aposta da Jerónimo Martins este ano «assentará no crescimento, em Portugal e na Polónia, e no aumento da capacidade competitiva e inovação das operações e seus processos».

Para isso vai propor aos accionistas um aumento de capital de 150 milhões de euros, através da emissão de 30 milhões de novas acções.

Visando aumentar a eficiência das suas operações a JM quer ainda continuar a «implementar medidas de redução de custos, tendo criado vários grupos de trabalho para estudar e apresentar propostas de simplificação de processos».

Acerca da alteração da lei de licenciamento comercial a JM diz que, esta «surge como uma oportunidade de expansão dos negócios no território nacional», mas «não prevê impacto directo de quaisquer novas licenças que venham a ser atribuídas antes do final de 2004».

A JM garante que tem em estudo projectos de novos supermercados e hipermercados, mas atendendo às lacunas ainda existentes no processo de aprovação, nenhuma licença deve ser concedida antes do final deste ano.

As acções da empresa fecharam hoje a descer 0,91% para os 9,81 euros.

Outras Notícias