Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Jerónimo Martins quer abrir 25 novas lojas por ano

A Jerónimo Martins prevê abrir 20 a 25 novas lojas por ano nos próximos dois a três anos e prevê que a cadeia de retalho polca Biedronka mantenha a taxa de crescimento anual nas vendas de 15%, disse Luís Palha, presidente executivo da segunda maior distri

Negócios negocios@negocios.pt 05 de Agosto de 2004 às 10:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Jerónimo Martins prevê abrir 20 a 25 novas lojas por ano nos próximos dois a três anos e prevê que a cadeia de retalho polca Biedronka mantenha a taxa de crescimento anual nas vendas de 15%, disse Luís Palha, presidente executivo da segunda maior distribuidora portuguesa.

Citado pela Agência Bloomberg numa conferência com analistas Palha afirmou que em Junho já pediu licenças para novas lojas Pingo Doce e em Julho para a abertura de supermercados Feira Nova.

No prospecto do aumento de capital a Jerónimo Martins dizia que vai investir 140 a 150 milhões de euros na abertura, por ano, de 10 a 15 lojas Pingo Doce / Feira Nova e de 15 lojas de retalho especializado (Hussel e Jeronymo).

«Esperamos no final deste ano, provavelmente no quarto trimestre, ter já novas lojas inauguradas», disse a mesma fonte. Depois do Governo ter aprovado a nova lei de licenciamento comercial as empresas de distribuição estão agora a pedir licenças para expandirem o negócio.

Acerca da Biedronka, a cadeia polaca de lojas de desconto do Grupo, Palha afirmou que é possível obter uma taxa de crescimento anula nas vendas de 15%, que foi o registo obtido (em zlotys) na primeira metade de 2004.

As acções da Jerónimo Martins seguiam a subir 0,23% para os 8,82 euros.

Ver comentários
Outras Notícias