Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

José Guilherme e Somague controlam mais de 8% do Benfica

O empresário José Guilherme comunicou que controla 5,6% do capital do Benfica e a construtora Somague também disse ser dona de quase 3% da SAD encarnada. Ambas as posições foram construídas antes da entrada em bolsa do Benfica.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 13 de Julho de 2007 às 19:20
  • Partilhar artigo
  • ...

O empresário José Guilherme comunicou que controla 5,6% do capital do Benfica e a construtora Somague também disse ser dona de quase 3% da SAD encarnada. Ambas as posições foram construídas antes da entrada em bolsa do Benfica.

Num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o conselho de administração da Sport Lisboa e Benfica diz que José da Conceição Guilherme e a Somague são ambos accionistas da SAD com uma participação qualificada de mais de 2%.

O empresário José Guilherme é dono de 840.000 acções ordinárias, representativas de 5,6% do capital.

A Somague, por seu lado, controla 446.880 acções, representativas de 2,9792% do Benfica.

Estas duas tranches de acções já eram detidas antes de 22 de Maio, altura em que a SAD do Benfica entrou para a bolsa, mas só agora é que foram comunicadas ao mercado.

A titularidade destas acções, segundo a imprensa, poderá estar relacionada a um empréstimo que o Banco Espírito Santo (BES) fez a Manuel Vilarinho para a compra de cerca de 12% do capital da SAD.

Nesta operação, que acabou por ir parar à barra dos tribunais, Luís Filipe Vieira e o construtor civil José Guilherme terão servido de avalistas, o que terá resultado na titularidade das acções agora anunciadas.

As acções da SAD do Benfica [SLBEN] fecharam hoje em queda de 1,36% para os 3,64 euros, acima da contrapartida da OPA de Joe Berardo de 3,50 euros.

Outras Notícias