Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Justiça norte-americana estará a investigar o Barclays e o UBS

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos está, de acordo com o Financial Times, a “analisar” os investimentos relacionados com moedas do Barclays e do UBS.

Bloomberg
Negócios 09 de Fevereiro de 2015 às 12:00
  • Partilhar artigo
  • ...

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos da América (EUA) está a "analisar" os investimentos relacionados com moeda comercializados pelo Barclays e pelo UBS, escreve o Financial Times esta segunda-feira 9 de Fevereiro.

 

As autoridades estão a tentar averiguar se os chamados produtos estruturados terão sido vendidos sem revelar os lucros que obtinham das transacções de moeda usados para gerar os retornos dos produtos, de acordo com fonte familiarizada com a investigação, acrescentando que estes produtos eram vendidos a investidores sofisticados, incluindo vários "hedge funds" suíços.

 

Já a Bloomberg, citando pessoas familiarizadas com a situação, avança que as autoridades norte-americanas estão a analisar se o UBS enganou os seus clientes na venda de alguns produtos estruturados em moeda estrangeira. Os investigadores terão estado nas últimas semanas a questionar funcionários do banco sobre o "UBS V10 Enhanced FX Carry Strategy", de acordo com uma fonte desta agência que pediu o anonimato. O FT explica que este produto dava aos investidores "facilidades para alterarem as suas posições se os mercados cambiais se tornassem voláteis".

 

A Bloomberg sustenta ainda que os investidores estão a examinar as comissões dos produtos e se o UBS honrou os seus deveres fiduciários para com os seus clientes.

 

Cinco bancos multados em 3,3 mil milhões de dólares por manipulação no mercado cambial

 

A 12 de Novembro do ano passado, foi tornado público que cinco bancos, incluindo o suíço UBS, foram alvo de uma coima de 3,3 mil milhões de dólares (cerca de 2,7 mil milhões de euros) por manipulação do mercado cambial.  

 

O suíço UBS, de acordo com o que foi divulgado na altura, terá de pagar 800 milhões de dólares, de acordo com a Comissão do Mercado de Futuros norte-americana (CFTC), a Autoridade britânica da conduta Financeira (FCA) e a Autoridade supervisora do mercado financeiro suíça (FINMA).

 

Por outro lado, no dia anterior, a 11 de Novembro, o regulador dos mercados financeiros suíço (Finma) enviou cartas a antigos e actuais funcionários do banco UBS, alertando-os para o facto de estes poderem ter de enfrentar acções judiciais interpostas devido a eventuais irregularidades cometidas nos mercados cambiais internacionais.

 

O The Wall Street Journal avançava então que, segundo fontes relacionadas com o processo, foram enviadas cerca de dez cartas avisando os destinatários de que são suspeitos de conduta inadequada no âmbito do desempenho das suas funções nos mercados internacionais de divisas, que alegadamente terão sido irregulares.

Ver comentários
Saber mais Departamento de Justiça dos Estados Unidos da América Barclays UBS V10 Enhanced FXCarry Strategy
Outras Notícias