Automóvel Lamborghini muda-se para Cascais e quer vender 30 carros este ano

Lamborghini muda-se para Cascais e quer vender 30 carros este ano

A Lamborghini Portugal investiu 700 mil euros no novo espaço da marca, em Alcabideche, e espera vender 30 automóveis no mercado nacional este ano, o que corresponde a cerca de sete milhões de euros de receita.
Lamborghini muda-se para Cascais e quer vender 30 carros este ano
Negócios com Lusa 06 de fevereiro de 2020 às 18:28
A Lamborghini Lisboa abriu esta quinta-feira um novo espaço em Alcabideche, concelho de Cascais, e espera vender 30 carros este ano, o que corresponde a receitas de perto de sete milhões de euros.

A expectativa para este ano é "conquistar um lugar no topo do segmento de luxo" em Portugal, disse o diretor geral das marcas de luxo do grupo SIVA, Miguel Costa, numa conferência de imprensa a propósito da inauguração do novo espaço, que contou também com a presença do presidente executivo (CEO) da Lamborghini para a Europa, Médio Oriente e África, Andrea Baldi.

O novo espaço da marca italiana em Portugal, que substitui o anterior na Avenida António Augusto Aguiar, em Lisboa, é partilhado com a Bentley, também do grupo SIVA, e resulta de um investimento total de 700 mil euros.

Com uma área total de 1.350 metros quadrados (m2), o espaço junta no mesmo local os 'showroom' de cada uma das marcas (no caso da Bentley já aberto desde 2019) e uma oficina para assistência aos clientes.

No ano passado, a Lamborghini vendeu 19 unidades em Portugal, mais do que duplicando as vendas de 2018, quando apenas entregou sete bólides. E as vendas em janeiro deste ano somaram três unidades, um valor idêntico ao registado em igual mês do ano passado.

Em entrevista ao Negócios em janeiro, os diretores da SIVA, Pedro Almeida e Viktoria Kaufmann, indicaram que as metas da distribuidora da Volkswagen, Audi, Skoda, Bentley e Lamborghini para este ano são de uma subida de cerca de 30% nas vendas. E esta subida, referiram, deverá ser transversal a todas as marcas, embora a Bentley e Lamborghini sejam casos "especiais" devido ao reduzido volume de unidades vendidas.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI