Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Leixões com a SAD nas mãos de gestora judicial

A SAD do Leixões Sport Clube, de Matosinhos, aderiu ao Processo Especial de Revitalização (PER) para tentar escapar da falência. Maria da Conceição Ferreira dos Santos foi nomeada administrador judicial provisória da sociedade.

Rui Neves ruineves@negocios.pt 25 de Março de 2013 às 20:57
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

Há muito tempo que o Leixões, que milita na Divisão de Honra de Futebol, sobrevive com imensas dificuldades financeiras. Para ajudar o clube, a Câmara Municipal de Matosinhos tentou inclusive comprar o seu estádio, mas o Tribunal de Contas chumbou o negócio, que custaria aos cofres municipais cerca de 5,5 milhões de euros.

 

Agora chegou a vez de a SAD do Leixões tentar salvar-se através da adesão ao Processo Especial de Revitalização (PER), tendo o Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia nomeado, esta segunda-feira, Maria da Conceição Ferreira dos Santos para administradora judicial provisória do Leixões Sport Clube, Futebol SAD.

 

Contactado pelo Negócios, José Manuel Dias da Fonseca, presidente do clube, disse apenas que este “é um processo de resolução do passivo”. Em viagem na Holanda, Fonseca não quis prestar mais declarações sobre a matéria. Já Carlos Oliveira, presidente da SAD, recusou-se a prestar esclarecimentos.

 

Em Julho do ano passado, Carlos Oliveira e mais três administradores da SAD do Leixões foram condenados a nove meses de prisão, com pena suspensa, por crimes de abuso de confiança fiscal, porque não pagaram o IVA dos meses de Agosto de 2008, Maio, Junho e Julho de 2009, num total de 213 mil euros. As dificuldades financeiras do clube e a tentativa de sanear o problema foram as justificações avançadas para a prática destes crimes.

Ver comentários
Saber mais Leixões gestora judicial SAD
Outras Notícias