Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lisboa espera retorno de 10 milhões com regata “Tall ships”

A presença dos 50 maiores veleiros do mundo na regata “The Tall Ships Races” deve gerar um impacto económico para a cidade de 10 milhões de euros, afirmou o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina.

A carregar o vídeo ...
Lusa 15 de Julho de 2016 às 16:24
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Na cerimónia de apresentação da regata, que decorreu esta sexta-feira, 15 de Julho, Fernando Medina considerou, contudo, que "o valor do evento é superior ao impacto económico". "A nível de projecção da cidade. Vai ser televisionado por milhões de pessoas em todo o mundo. Tem esta capacidade de nos aproximar mais do mar, do Tejo e de corresponder a essa ambição identitária que as pessoas sentem [de ligação ao mar] e isso não tem preço", sustentou, citado pela Lusa.

Para o autarca, a importância da regata The Tall Ship Races, que decorre de 22 a 25 de Julho, está relacionada com o número de visitantes em Lisboa, que deverá ser superior a um milhão de pessoas.

"É um grande evento da cidade. Nestes dias vamos ter provavelmente mais de um milhão de pessoas que podem deslocar-se ao Tejo para ver alguns dos mais belos barcos do mundo. Podem ser visitados em várias horas, na parte externa e interior e vão poder ouvir as histórias desses veleiros", afirmou.

Além disso, acrescentou, tem também uma importância desportiva e cultural, uma vez que vai contar com a participação de 500 jovens, que vão fazer uma das etapas da regata a bordo dos veleiros, e porque simboliza a ligação dos portugueses ao mar.

"Tem a importância de simbolizar a nossa ligação ao mar e conseguir ser uma peça dessa política tão importante que é a ligação ao mar, de natureza económica, ambiental, estratégica e identitária. Os portugueses têm uma relação muito forte com o mar", disse.

Para o presidente da Associação Portuguesa de Treino de Vela (APORVELA), João Lúcio, a regata destaca-se sobretudo pela participação de 5.000 tripulantes, sendo que a maioria são jovens entre os 15 e 25 anos. "É uma forma de dar experiência de mar aos jovens, dar-lhes treino de mar e a oportunidade de terem uma experiência de vida única", ressalvou.

Dos 50 veleiros em competição, nove são portugueses e 500 tripulantes são jovens distribuídos por diversas embarcações.

The Tall Ships Races é uma competição de vela que se realiza anualmente para dar oportunidades de formação a jovens de todo o mundo. A primeira regata foi realizada entre Torbay (Reino Unido) e Lisboa em 1956.

"Faz 60 anos que esta regata veio a Lisboa. Estamos na origem destas regatas que se têm mantido ao longo de 60 anos. Poucas capitais no mundo terão recebido uma frota desta dimensão. Gostam sempre de visitar Lisboa, mas concentrá-los todos ao mesmo tempo foi uma grande sorte, ainda que a sorte dê bastante trabalho", sublinhou João Lúcio.

Além disso, vai ainda haver uma homenagem aos pescadores portugueses, com os navios Creoula, Santa Maria Manuela e a Caravela Vera Cruz a desfilarem na abertura do evento.

A competição, que passa por quatro portos (1.955 milhas náuticas), começa em Antuérpia (Bélgica), de 7 a 10 de Julho. Segue-se Lisboa, Cadiz (Espanha), de 28 a 31 de Julho, e Corunha (Espanha), de 11 a 14 de Agosto.

Ver comentários
Saber mais Lisboa Fernando Medina
Outras Notícias