Indústria Lisnave desafia Autoridade no negócio dos rebocadores
Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium Se já é assinante, faça LOGIN

Lisnave desafia Autoridade no negócio dos rebocadores

Ultrapassado o prazo dado pela Autoridade dos Transportes para que a Lisnave extinguisse o regime de exclusividade que tinha com a rebocadora Rebonave, a tensão no estaleiro naval da Mitrena continua.
Lisnave desafia Autoridade no negócio dos rebocadores
A AMT determinou que a Lisnave tem de extinguir o regime de exclusividade que tinha com a empresa Rebonave.
Miguel Baltazar
Rui Neves 27 de fevereiro de 2018 às 22:08

Há uma guerra em curso no negócio dos rebocadores no estaleiro naval da Mitrena, que é operado pela Lisnave, no porto de Setúbal. Depois de, a 10 de Janeiro passado, a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) ter anunciado )

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
pub