Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Liverpool confirma contactos para aquisição

A administração do clube de futebol inglês Liverpool confirmou que está em conversações com vários investidores que poderão adquirir a equipa. A mais recente adesão à lista dos interessados é um consórcio liderado pelo milionário espanhol Juan Villalonga.

Ruben Bicho rbicho@mediafin.pt 29 de Março de 2006 às 18:18
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A administração do clube de futebol inglês Liverpool confirmou que está em conversações com vários investidores que poderão adquirir a equipa. A mais recente adesão à lista dos interessados é um consórcio liderado pelo milionário espanhol Juan Villalonga.

 «A administração do Liverpool notou a recente especulação na imprensa em relação a possíveis investimentos no clube e confirma que está em conversações com uma série de interessados acerca de potenciais novas aplicações no clube», lê-se na nota divulgada pelo clube inglês, que acrescenta ainda que a estrutura dos novos investimentos é «incerta».

Ao longo dos últimos anos o clube tem sido alvo de várias propostas de aquisição e agora encontra-se numa situação em que o crescimento das receitas está condicionado pelas limitações do seu estádio. Todas as épocas os ganhos de bilheteira do Liverpool ficam 35 milhões de libras abaixo do Manchester United devido à menor capacidade do estádio, razão pela qual os analistas referem que o clube terá de remodelar o actual recinto ou mudar para um novo.

 "As receitas do Liverpool no ano passado foram de 122 milhões de libras, depois de ganhar a Liga dos Campeões, por isso é difícil fazer melhor do que essa marca", afirmou o analista Dan Jones num estudo da Deloitte.

Depois do interesse do empresário britânico Steve Morgan e do primeiro-ministro tailandês, Thaksin Shinawatra, é agora o espanhol Juan Villalonga, responsável por um império nas telecomunicações, quem mostra interesse nos «reds», afirmando que quer transformar o Liverpool de «um clube focado para o mercado doméstico para uma força global».

Outras Notícias