Empresas Lucro da Santa Casa recua 21,5% para 33 milhões

Lucro da Santa Casa recua 21,5% para 33 milhões

A quebra é justificada pela SCML com a alteração na repartição dos resultados dos jogos sociais, que passaram de uma média de 27,76% para 26,52%.
Lucro da Santa Casa recua 21,5% para 33 milhões
Edmundo Martinho é o Provedor da Santa Casa
Lusa
Pedro Curvelo 09 de julho de 2019 às 15:26

A Santa Casa registou 33,3 milhões de euros de lucro no ano passado, uma quebra de 21,5% face a 2017, anunciou esta terça-feira a instituição.

 

A quebra é justificada pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) com a alteração na repartição dos resultados dos jogos sociais, reforçando as verbas das receitas destinadas às regiões autónomas. Assim, as receitas que cabem à SCML passaram de uma média de 27,76% em 2017 para 26,52% no ano passado.

 

Esta alteração levou a uma descida de 3,1% nas receitas correntes, para 253,6 milhões de euros. As receitas decorrentes dos jogos sociais cifraram se em 215 milhões, uma queda de 2,6%.

A Santa Casa justifica a evolução nos resultados líquidos com três fatores: a redução de 8,2 milhões de euros nas receitas correntes, incluindo uma descida de 5,8 milhões nas receitas dos jogos sociais; o aumento da despesa corrente em 14,1 milhões de euros e a variação positiva do saldo não corrente em 13,2 milhões.

A instituição destaca que estes são os segundos melhores resultados em oito anos e assinala que o ativo ascende a 837,5 milhões de euros, mais 3,7% do que em 2017. O capital própio aumentou em 4,7%, atingindo os 759,4 milhões.

(notícia atualizada às 17:32 com mais informação)
(notícia corrigida com alteração na queda dos lucros para 21,5% e não 25%)



 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI