Empresas Lucros da Brisa crescem 23,5% para 167 milhões

Lucros da Brisa crescem 23,5% para 167 milhões

A empresa justifica o aumento dos lucros com a subida das receitas de portagem e das áreas de serviço, num ano em que o tráfego nas auto-estradas cresceu 4,3%.
Lucros da Brisa crescem 23,5% para 167 milhões
Bruno simão
Rita Faria 13 de fevereiro de 2019 às 17:44

A Brisa Concessão Rodoviária (BCR) fechou o ano passado com um resultado líquido de 166,8 milhões de euros, o que representa uma subida de 23,5% face a 2017, comunicou a empresa esta quarta-feira, 13 de fevereiro.

De acordo com a Brisa, esta subida foi suportada "pelo aumento das receitas de portagem e das áreas de serviço, associado ao controlo dos custos operacionais e financeiros".

Num ano em que o tráfego nas suas auto-estradas subiu 4,3%, os proveitos operacionais cresceram 8% para 616,2 milhões de euros, com as receitas de portagens a aumentarem 6,4% para 592,6 milhões de euros e as receitas das áreas de serviço a mais do que duplicarem (+121,9%) para 17,9 milhões, beneficiando da renegociação de contratos.

Segundo o comunicado da empresa, "o forte aumento das receitas operacionais" impulsionou o EBITDA para uma subida de 9,3%, para 482 milhões de euros, num período em que os custos operacionais subiram 3,6% para 134,2 milhões de euros.

Também os resultados financeiros do grupo melhoraram, passando de 83,3 milhões negativos em 2017 para os 66,6 milhões em 2018, com o reembolso do empréstimo obrigacionista de 300 milhões em abril a permitir uma redução de 20% dos custos financeiros.

Os resultados antes de impostos cresceram 30%, de 184,7 para 240,1 milhões, enquanto o EBIT subiu 14,5% para 306,7 milhões.

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI