Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros da Luz Saúde caem 2% em 2017

A dona do Hospital da Luz registou lucros de 17 milhões de euros no ano passado, contra 17,4 milhões em 2016.

Desde 2000 que Isabel Vaz está ao leme da Espírito Santo Saúde. Aí ficou quando, em 2014, o Grupo Espírito Santo caiu, passo que conduziu a companhia de saúde à Fidelidade, da Fosun, representada na administração. O mandato do conselho de administração da Luz Saúde terminou no final de 2017. Isabel Vaz lidera a comissão executiva, sendo Jorge Magalhães Correia - que é o líder da seguradora Fidelidade - o presidente do conselho de administração. Os mandatos são de quatro anos.
Marta Poppe
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 09 de Março de 2018 às 19:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

A Luz Saúde registou em 2017 um resultado líquido atribuível aos accionistas de 17 milhões de euros, uma descida de 2% face aos 17,4 milhões do ano precedente.

 

Já os rendimentos operacionais consolidados aumentaram 7,3% face a 2016, para 483,8 milhões, impulsionado pelo crescimento de 8% do segmento privado e de 4,5% do segmento público, sublinha a empresa liderada por Isabel Vaz (na foto) no seu comunicado dos resultados consolidados divulgado junto da CMVM.

 

Por outro lado, a Luz Saúde [que pertence aos chineses da Fosun] reportou um EBITDA (resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) consolidado de 53,7 milhões de euros em 2017, representando um crescimento de 3,1% face a 2016. A margem EBITDA foi de 11,1%, o que correspondeu a um decréscimo de 0,5 p.p. face ao período homólogo.

 

No final do ano, a dívida líquida consolidada da Luz Saúde totalizava 241,8 milhões de euros, representando um aumento de 29,2 milhões face ao valor de final de ano de 2016, devido principalmente aos investimentos feitos.

 

Entre os investimentos conta-se a expansão da rede privada, quer em termos geográficos – com a aquisição de duas unidades na Madeira, a aquisição do British Hospital em Lisboa, a construção de uma nova unidade em Vila Real e a abertura de uma nova unidade em Odivelas no início de 2018 –, quer de unidades já existentes, com o investimento no aumento da capacidade do Hospital da Luz Lisboa e do Hospital da Luz Oeiras.

 

A empresa realizou também investimentos de reposição e actualização tecnológica, com destaque para a continuação do investimento na área de diagnóstico por imagem em várias unidades do grupo.

 

"Em 2017, a Luz Saúde manteve a sua trajectória de crescimento orgânico combinada com a expansão geográfica da sua rede de cuidados privados e a implementação de um ambicioso programa de expansão das unidades existentes que irão servir de base ao crescimento do grupo e à consolidação de uma posição de liderança no sector privado em Portugal", sublinha a empresa no seu relatório e contas.

Ver comentários
Saber mais Luz Fosun Saúde Isabel Vaz British Hospital Hospital da Luz Lisboa e do Hospital de Oeiras
Outras Notícias