Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros da EDP sobem 9,3% para 237,1 milhões

A Energias de Portugal anunciou hoje que os resultados líquidos do primeiro trimestre do ano aumentaram 9,3%, para 237,1 milhões de euros, com a eléctrica portuguesa a beneficiar com a reversão de uma provisão. Os resultados líquidos em linha com as previ

Negócios negocios@negocios.pt 25 de Maio de 2006 às 16:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Energias de Portugal anunciou hoje que os resultados líquidos do primeiro trimestre do ano aumentaram 9,3%, para 237,1 milhões de euros, com a eléctrica portuguesa a beneficiar com a reversão de uma provisão. Os resultados líquidos em linha com as previsões mais baixas dos analistas.

Nos primeiros três meses do ano passado a EDP tinha apurado lucros de 217 milhões de euros e os analistas contactados pelo Jornal de Negócios Online aguardavam, em média, que os lucros do primeiro trimestre de 2006 se situassem nos 255,6 milhões de euros. As estimativas de oito analistas oscilaram entre 221 e 288,6 milhões de euros.

Nos primeiros três meses do ano as receitas da EDP totalizaram 2,76 mil milhões de euros, uma subida de 12,5%, para um valor que ficou acima dos 2,66 mil milhões de euros esperados pelos analistas. O EBITDA subiu 1,4%, para 569 milhões de euros, ligeiramente abaixo dos 578 milhões de euros previstos pelos analsitas.

Tal como os analistas já tinham antecipado, a EDP beneficiou com a reversão de uma provisão efectuada em 2005, para cobrir os riscos com os juros associados aos Custos de Manutenção do Equilíbrio Contratual, que totalizou 118 milhões de euros. Esta reversão é explicada com o adiamento do arranque do MIBEL.

Outras Notícias