Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros da Iberdrola crescem 14% no primeiro trimestre

A segunda maior energética de Espanha, a Iberdrola, registou um aumento de 14% dos resultados líquidos no primeiro trimestre do exercício, impulsionada quer pelo mercado de origem quer pela sua presença na América Latina.

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 26 de Abril de 2007 às 10:37
  • Partilhar artigo
  • ...

A segunda maior energética de Espanha, a Iberdrola, registou um aumento de 14% dos resultados líquidos no primeiro trimestre do exercício, impulsionada quer pelo mercado de origem quer pela sua presença na América Latina.

Os resultados líquidos da Iberdrola aumentaram para 458 milhões de euros no primeiro trimestre de 2007, face a 403 milhões de euros obtidos um ano antes, anunciou hoje a companhia espanhola em comunicado, citado pela Bloomberg.

Os resultados antes de impostos e taxas de câmbio, ou EBIT, da unidade de distribuição de electricidade da Iberdrola em Espanha quase duplicaram, para 125 milhões de euros.

Na América Latina, onde a companhia tem localizado já um quarto da sua capacidade de produção energética, o EBIT do grupo avançou 54%, para 157 milhões de euros,

A companhia tem vindo a reduzir a sua dependência do mercado de origem, processo que culminou recentemente com a oferta de 18 mil milhões de euros sobre a escocesa Scottish Power, a maior aquisição de sempre da espanhola.  

A aquisição da companhia com sede em Glasgow irá impulsionar a capacidade de geração da Iberdrola em termos de energias renováveis e permitir-lhe a soma de mais 5,2 milhões de clientes no Reino Unido.

As duas "utilities" em conjunto serão a maior entidade mundial detentora de geradores para produzir energia eólica, com 39.000 megawatts de capacidade instalada, o que permite o fornecimento de 78 milhões de lares na Europa.

As acções da Iberdrola seguiam agora a valorizar 0,52%, para 36,92 euros.

Ver comentários
Outras Notícias