Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros da maior farmacêutica do mundo aumentam 49% no terceiro trimestre

Os lucros da Pfizer, maior farmacêutica do mundo, aumentaram 49% no terceiro trimestre, com a companhia a beneficiar a subida das vendas dos seus medicamentos mais importantes, como o Lipitor e o Celebrex.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 20 de Outubro de 2004 às 14:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os lucros da Pfizer, maior farmacêutica do mundo, aumentaram 49% no terceiro trimestre, com a companhia a beneficiar a subida das vendas dos seus medicamentos mais importantes, como o Lipitor e o Celebrex.

Os lucros totalizaram 3,34 mil milhões de dólares (2,66 mil milhões de euros), contra os 2,24 mil milhões de dólares (1,78 mil milhões de euros) do mesmo período do ano passado, período em que os custos com aquisições penalizaram os resultados líquidos.

Excluindo itens extraordinários os lucros por acção foram de 55 cêntimos, acima do EPS de 54 cêntimos aguardado pelos analistas. As receitas subiram 4% para 12,8 mil milhões de dólares (10,22 mil milhões de euros).

O crescimento nas receitas foi o mais baixo dos últimos dois anos, com a companhia a a optar pelo crescimento orgânico, face às aquisições avultadas que realizou no passado, com a compra da Pharmacia o ano passado e da Warner-Lambert em 2000.

Agora a Pfizer está a optar por crescer através do desenvolvimento dos seus medicamentos mais importantes, como o Lipitor, que é o mais vendido do mundo e onde as vendas subiram 11%, e o Celebrex. Já as vendas do Viagra desceram 15%, devido ao aumento da concorrência no segmento dos medicamentos contra a impotência masculina.

As acções da Pfizer, que integram a carteira do Dow Jones, fecharam ontem inalteradas nos 29 dólares.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias