Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros da Media Capital caem para metade com menos publicidade e mais juros

Quedas nas receitas, no EBITDA e no lucro marcaram o primeiro semestre da dona da TVI. Ainda assim, o segundo trimestre compensou os prejuízos dos primeiros três meses do ano.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 23 de Julho de 2012 às 16:05
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
A Media Capital conseguiu fechar o primeiro semestre do ano com números positivos. Apesar dos prejuízos que registou entre Janeiro e Março, a dona da TVI apresentou lucros no semestre.

O resultado líquido da Media Capital foi de 4,05 milhões de euros entre Janeiro e Junho de 2012, o que corresponde a um valor 58% inferior aos 9,76 milhões de euros registados no período homólogo, indica a empresa em comunicado enviado através da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Os lucros da empresa foram penalizados “pela evolução da actividade operacional e financeira”, ou seja, "por maiores encargos financeiros (juros suportados)". A empresa alcançou lucros de 5 milhões de euros no segundo trimestre do ano (deslize de 36% face ao segundo trimestre de 2011), que compensaram os prejuízos de quase 1 milhão de euros dos primeiros três meses do ano.

Descida das receitas em todos os segmentos

A queda semestral de 58% dos lucros da cotada liderada por Pais do Amaral é superior ao deslize de 23% do volume de negócios da Media Capital, companhia que, além da TVI, detém a Rádio Comercial, o site iol e a produtora Plural. A empresa obteve 90,9 milhões de euros de proveitos operacionais de Janeiro a Junho, inferiores aos 118 milhões do primeiro semestre de 2011.

A área de entretenimento foi a mais penalizada pela descidas das receitas (69%), acompanhada pela produção audiovisual (descida de 31%) e da televisão (queda de 11%). Esta última, tendo em conta o seu maior peso, foi, contudo, a que mais pressionou as receitas da Media Capital. Nem o facto de a TVI ser o canal líder de audiências impediu os números negativos. Na rádio e no digital, também se verificou um deslize dos proveitos.

“As receitas publicitárias ascenderam a 57,6 milhões de euros, valor inferior em 18% ao do período comparável”, acrescenta a empresa. A publicidade, que se encontra em queda no sector, corresponde a 63% das receitas totais da Media Capital.

O EBITDA (resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) passou de 22,35 milhões para 16,58 milhões de euros, o que corresponde a uma quebra de 26%. A margem da EBITDA fixou-se em 18,2%, 0,7 pontos percentuais abaixo de 2011, “mercê de uma forte redução dos custos operacionais”.

Os resultados financeiros da Media Capital nos primeiros seis meses do ano passaram de 2,1 milhões de euros negativos para 4,6 milhões de euros negativos, penalizados, entre outros, pelo aumento do custo de financiamento.

Já o endividamento líquido do grupo "registou um aumento de 9% ou seja, 9,8 milhões de euros face a Dezembro de 2011, situando-se no final de Junho em 115,7 milhões de euros", acrescenta o comunicado.
Ver comentários
Saber mais Media Capital TVI Rádio Comercial resultados semestrais CMVM
Outras Notícias