Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros da Procter & Gamble sobem 23% no terceiro trimestre

Os lucros da Procter & Gamble aumentaram 23% no terceiro trimestre fiscal, em linha com as estimativas dos analistas. A líder nos Estados Unidos na produção de bens de consumo adiantou estimativas para o presente trimestre acima das previsões.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 28 de Abril de 2003 às 13:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os resultados líquidos da Procter & Gamble aumentaram 23% no terceiro trimestre fiscal, em linha com as estimativas dos analistas. A líder nos Estados Unidos na produção de bens de consumo adiantou estimativas para o presente trimestre acima das previsões.

No terceiro trimestre fiscal os lucros da P&G subiram 23% para 1,27 mil milhões de dólares (1,15 mil milhões de euros). Excluindo custos de reestruturação o resultado líquido por acção (EPS) ficou nos 96 cêntimos igualando as estimativas dos analistas.

As receitas da empresa ascenderam a 10,7 mil milhões de dólares (9,7 mil milhões de euros), mais 7,6% que no período homólogo e acima das previsões dos analistas.

Para o presente trimestre, que começou a 1 de Abril, a P&G prevê uma subida de 10 a 12% nos lucros e um aumento entre 6 a 8% nas receitas, valores que ficam acima das actuais previsões dos analistas.

No terceiro trimestre fiscal a P&G beneficiou da subida das vendas, sobretudo na divisão de produtos medicinais, e também do corte de custos, depois de ter suprimido 16 mil postos de trabalho em três anos.

A P&G anunciou ainda que aumentou o valor da oferta sobre a alemã Wella para 7,2 mil milhões de dólares (6,53 mil milhões de euros).

As acções da P&G fecharam sexta-feira a descer 0,81%.

Outras Notícias