Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros da Red Eléctrica de España aumentam 14% no trimestre

A Red Eléctrica de España aumentou os lucros do terceiro trimestre em 14,28% devido ao aumento de comissões e de novos activos.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 02 de Novembro de 2004 às 12:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Red Eléctrica de España aumentou os lucros do terceiro trimestre em 14,28% devido ao aumento de comissões e de novos activos.

Os resultados líquidos cresceram para 39,2 milhões de euros, o que compara com 34,3 milhões de euros arrecadados no mesmo período do ano passado.

Estes resultados superam as previsões dos analistas consultados pela Bloomberg que apontavam para lucros de 37,3 milhões de euros. Os ganhos antes das taxas de juro e de impostos cresceram 3,9% para 71,87 milhões de euros.

Os custos com o pessoal avançaram para 58,8 milhões de euros, nos primeiros nove meses do ano face a 50 milhões de euros atingidos no mesmo período do ano passado.

Parte dos custos deve-se a compensações pagas à direcção que saiu depois de, em Março,o novo governo espanhol do socialista Luis Zapatero ter nomeou Luís Atienza como presidente da empresa. O Estado detém 28,5% do capital da Red Eléctrica.

As linhas de energia que a empresa comprou no final do ano passado contribuíram para os ganhos, de acordo com os analistas. O aumento de 9% das tarifas de energia também impulsionou os ganhos.

A rede de energia que a REE opera e mantém vai precisar de pelo menos 1,5 mil milhões de euros de investimento durante os próximos cinco anos. É necessário aumentar a capacidade para conseguir alimentar um comboio de alta velocidade que vai ligar Madrid, Barcelona e França e para fazer a ligação com novas centrais de gás e parques eólicos.

As acções da empresa avançavam 2,46% para os 14,99 euros.

Outras Notícias