Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros da Semapa disparam no terceiro trimestre

Os resultados líquidos da Semapa – Sociedade de Investimento e Gestão atingiram os 162,31 milhões de euros no final dos primeiros nove meses deste ano, um aumento de 456,33% face a igual período do ano passado, impulsionado pela venda de 45,1% da Secil ao

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 26 de Novembro de 2004 às 19:13

Os resultados líquidos da Semapa – Sociedade de Investimento e Gestão atingiram os 162,31 milhões de euros no final dos primeiros nove meses deste ano, um aumento de 456,33% face a igual período do ano passado, impulsionado pela venda de 45,1% da Secil ao grupo CRH e de 9% da Cimpor.

De acordo com a informação hoje veiculada pela empresa ao mercado, o EBITDA caiu 0,60%, para 91,72 milhões de euros, enquanto o «cash-flow» gerado foi de 219,92 milhões de euros, o que representa um crescimento de 163,60%.

No período em análise as vendas cresceram 2,93%, para 329,31 milhões de euros.

Em comunicado, a companhia defende que o aumento dos lucros e do «cash-flow» é «explicado essencialmente pelas mais-valias realizadas com as alienações das participações accionistas na Secil e na Cimpor».

Já a queda do EBITDA deve-se «essencialmente aos custos incorridos pela Semapa com a operação de aquisição da Portucel».

A Semapa adquiriu em Junho passado 30% do capital da Portucel – Empresa Produtora de Pasta e Papel por cerca de 334 milhões de euros. A 15 de Novembro, a direcção da Semapa comunicou ao mercado que adquiriu uma posição de 6,73% do capital da Portucel, ao Banco Espírito Santo e à Caixa Geral de Depósitos, reforçando a sua presença no capital da companhia de pasta e papel para 67,1%. O valor do negócio terá ascendido a mais de 81 milhões de euros.

As acções da Semapa [sema] encerraram hoje inalteradas, nos 4,16 euros, enquanto as da Portucel [ptcl] caíram 0,22%, para 8,95 euros.

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio