Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros da Soares da Costa superam estimativas do BPI

Os lucros semestrais da Soares da Costa ficaram ligeiramente acima das previsões do BPI. As acções da construtora estão em alta e já ganharam mais de 3%.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
Os lucros semestrais da Soares da Costa ficaram ligeiramente acima das previsões do BPI. As acções da construtora estão em alta e já ganharam mais de 3%.

Nos primeiros seis meses do ano, a construtora Soares da Costa registou um lucro de 4,7 milhões de euros, um valor que ficou 3,56% acima do registado no período homólogo e que superou o previsto pelo BPI.

A casa de investimento antecipava um lucro de 4 milhões de euros. O EBITDA da construtora ficou, no entanto, abaixo do previsto pelo BPI.

O EBITDA da Soares da Costa atingiu os 43,2 milhões de euros, quando o BPI antecipava 47 milhões de euros.

A evolução dos lucros da construtora é explicada pelo aumento do volume de negócios, que cresceu 23,4% face ao período homólogo. As receitas totais ascenderam a 474,84 milhões de euros.

"O mercado nacional continua a ser individualmente o mais importante, tendo crescido 9,7%" para 219,4 milhões de euros no primeiro semestre do ano passado. "Contudo, no primeiro semestre de 2009 os mercados internacionais em conjunto são responsáveis por 53,8% do volume de negócios [face a 48% no período homólogo], o que acentua o carácter internacional do grupo", revela a empresa.

A empresa apresentou resultados "fortes" na unidade de construção, com o EBITDA a superar as estimativas do BPI. "No entanto, esta 'vantagem' foi anulada por uma contribuição inferior ao esperado da unidade de concessões", escreve a equipa de "research" do BPI.

As acções da construtora abriram a sessão a cair 0,85%. "Na semana passada, o título valorizou-se 11,32%, pelo que muitos investidores já poderão ter incorporado os possíveis aspectos positivos dos resultados", referiram os analistas do BPI.

No entanto, as acções já inverteram a tendência de queda, tendo já estado a subir 3,39%. Os títulos seguem agora a valorizar 0,85% para os 1,19 euros.
Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias