Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros do ABN Amro caem 22% no quarto trimestre com aumento de provisões

Os lucros do ABN Amro no quarto trimestre de 2001 caíram 22%. A desaceleração da economia levou a instituição a aumentar «substancialmente» as provisões para o crédito mal parado.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 14 de Fevereiro de 2002 às 12:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os lucros do ABN Amro no quarto trimestre de 2001 caíram 22%. A desaceleração da economia levou a instituição a aumentar «substancialmente» as provisões para o crédito mal parado.

Os lucros líquidos do ABN Amro caíram para os 533 milhões de euros, equivalentes a 34 cêntimos por acção, contra os 676 milhões de euros conseguidos no quarto trimestre de 2000.

As provisões do banco para o crédito malparado ascenderam aos 598 milhões de euros face aos 112 milhões de euros provisionados no quarto trimestre de 2000. Em Novembro de 2001, o ABN Amro já tinha avançado uma verba de 110 milhões de euros, para cobrir a sua exposição à eléctrica Enron.

As acções do ABN Amro seguiam com uma valorização de 2% para os 20,05 euros.

Outras Notícias