Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros do BCA caem 5,8% no trimestre

O Banco Comercial dos Açores (BCA), controlado pelo Banif, registou um resultado líquido de 1,2 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, menos 5,8% que em 2002, influenciado pela alteração na cobrança do imposto sobre rendimento.

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 28 de Abril de 2003 às 19:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Banco Comercial dos Açores (BCA), controlado pelo Banif, registou um resultado líquido de 1,2 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, menos 5,8% que em 2002, influenciado pela alteração na cobrança do imposto sobre rendimento.

O banco obteve, contudo, no período em análise, um aumento de 14,6% nos seus resultados antes de impostos, para 1,9 milhões de euros, justificando «a evolução em sentido oposto do saldos destes dois agregados» pela «alteração ocorrida no cálculo do imposto sobre o rendimento».

A administração do BCA recorda que, «no primeiro trimestre de 2002, foi utilizada a taxa reduzida aplicável à Região Autónoma dos Açores, enquanto que no primeiro trimestre de 2003 aquela estimativa teve por base a taxa normal de IRC», por decisão da Comissão Europeia, o que agravou esta carga fiscal em 75,3%.

No primeiro trimestre de 2003 o activo líquido do BCA ascendia a 1,09 mil milhões de euros, o que representa uma quebra de 54,2% face a igual período de 2002. Tal evolução é justificada pela administração do BCA através de «operações de tomadas e cedências de fundos intra Grupo Banif», que se elevaram a 1,32 mil milhões de euros no final dos três primeiros meses de 2003.

A margem financeira subiu 1,6%, não traduzindo o crescimento de 17,3% verificado no «crédito sobre clientes», equivalente a mais 124,7 milhões de euros.

Este facto é explicado pela direcção da empresa «pela recente e continuada descida das taxas de juro», conjugada «com os prazos de «repricing» das carteiras de crédito e depósitos do BCA que são inferiores no crédito, relativamente aos depósitos», esclarece a mesma fonte em comunicado.

As acções do Banif [BANIN] fecharam nos 4,40 euros, a subir 0,69%.

Outras Notícias