Banca & Finanças Luís Máximo dos Santos será o presidente do "banco mau"

Luís Máximo dos Santos será o presidente do "banco mau"

O jurista, que actualmente é presidente da comissão liquidatária do BPP, vai liderar o veículo criado para absorver os activos problemáticos do BES.
Luís Máximo dos Santos será o presidente do "banco mau"
Negócios 04 de agosto de 2014 às 14:42

A equipa de gestão do Banco Espírito Santo SA já foi nomeada, contando com Luís Máximo dos Santos como presidente do conselho de administração. Luís Máximo dos Santos é jurista do Banco de Portugal, tendo entrado nos quadros do regulador em 1992, sendo que actualmente estava a exercer funções como presidente comissão liquidatária do Banco Privado Português (BPP).

 

A equipa será composta ainda por César Bento de Brito, que também estava no Banco de Portugal, na equipa do mediador de crédito, e Miguel Morais Alçada.

 

O BES SA terá ainda uma comissão de fiscalização liderada por José Vieira dos Reis e composta ainda por dois vogais: Rogério Fernandes Ferreira e Vítor Pimenta e Silva.

 

Esta equipa vai assim liderar o "banco mau", o veículo que ficou com os activos problemáticos do BES, nomeadamente as participações do GES e o BES Angola. Os accionistas do "antigo" BES ficam accionistas deste veículo e poderão conseguir recuperar parte das perdas através de venda de activos que ficaram sob a alçada do BES e se o valor de venda do Novo Banco superar a injecção de liquidez realizada na instituição através do Fundo de Resolução da banca (4,9 mil milhões de euros).




pub