Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Maior banco do Dubai dispara depois de capital estrangeiro ter aumentado participação

As ações do Emirates NBD PJSC, o maior banco do Dubai, subiram mais de 14% nesta segunda-feira, depois de anunciar que planeia aumentar o limite de participação de estrangeiros no capital do banco.

Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 02 de Setembro de 2019 às 08:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O maior banco do Dubai viu as suas ações escalarem 14,4% nesta segunda-feira, dia 2 de setembro, para um máximo em quase 12 anos. O banco quer a aprovação dos reguladores e restantes acionistas para alargar o limite de participação estrangeira no seu capital para 40%, segundo a Bloomberg.

O Emirates NBD já aumentou este limite de 5% para 20% e pretende agora permitir que as posições estrangeiras sejam ainda maiores. Esta vontade do banco está a alimentar o mercado acionista do Dubai, que já subiu 3,2%.

O aumento de capital estrangeiro "vai fortalecer a posição dos Emirados Árabes Unidos como uma das mais atrativas economias para investimento estrangeiro direto", disse o Sheikh Ahmed Bin Saeed Al Maktoum, numa entrevista dada à Bloomberg.

Esta não é a primeira vez que um banco do país tenta aumentar a entrada de estrangeiros nas suas ações. Em julho deste ano o First Abu Dhabi Bank PJSC, outro banco do país, propôs mesmo a remoção do limite da entrada estrangeira nas suas ações, numa altura em que os Emirados Árabes Unidos parecem estar dispostos a aceder a essa vontade.

O lucro do Emirates NBD no primeiro semestre disparou 49% e o banco pode ser incluído nos "benchmarks" para mercados emergentes MSCI e FTSE Russell na primeira metade do próximo ano. Tal situação pode impulsionar o aumento de 426 milhões de dólares de capital no banco do Dubai.

Ver comentários
Saber mais bancos dubais emirados árabes unidos capital estrangeiro
Outras Notícias