Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mais de duzentas pessoas ficaram sem televisão no primeiro apagão

No passado dia 12 de Janeiro aconteceu o primeiro momento do apagão na faixa litoral. Mais de duzentas pessoas ligaram para o número de apoio dizendo ter ficado sem televisão.

Negócios negocios@negocios.pt 16 de Janeiro de 2012 às 17:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
A Anacom considera positivo o balanço do primeiro desligamento na faixa litoral da televisão analógica.

Em comunicado, a Anacom diz que "desde quinta-feira passada, dia do desligamento do emissor analógico de televisão de Palmela e dos retransmissores de Alcácer do Sal, Melides e Sesimbra, apenas 217 telespectadores contactaram a linha de apoio da TDT por terem ficado sem ver televisão".

No dia do apagão, quinta-feira, chegaram 138 pedidos de ajuda através dessa linha (800200838), pedidos que caíram para 57 no dia 13, e para 17 no dia 14. Ontem, houve cinco pessoas a ligarem. O número de pessoas que ligou para a linha de apoio por ter deixado de ver televisão representa 3% do total de chamadas feitas para esse número no mesmo período. A linha recebeu, nesses dias, sete mil telefonemas.

Este primeiro momento de desligamento referente à primeira fase abrangeu 25 concelhos dos distritos de Lisboa, Setúbal e Beja, num total de cerca de meio milhão de pessoas. A Anacom acrescenta, ainda, que a maior parte das pessoas que contactaram a linha de apoio ficou sem televisão por não terem tomado qualquer medida de adaptação.

O próximo desligamento acontecerá a 23 de Janeiro com o "switch off" do emissor da Fóia, na serra do Monchique, no Algarve, e dos retransmissores de Santiago do Cacém, Cercal do Alentejo, Odemira, Odeceixe, Monchique, Aljezur e Silves.
Ver comentários
Saber mais TDT televisão apagão analógico
Outras Notícias