Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mais de metade dos portugueses tencionam usar subsídio de Natal para comprar presentes

A maioria dos portugueses vai utilizar o subsídio de Natal para comprar presentes, diz o estudo do Observador Cetelem sobre as intenções de consumo na época natalícia. O estudo diz também que 8% dos portugueses não compram prendas.

André Vinagre andrevinagre@negocios.pt 24 de Novembro de 2015 às 12:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

O estudo do Observador Cetelem sobre os hábitos de consumo dos portugueses na época do Natal, divulgado esta terça-feira, 24 de Novembro, revela que 55% dos portugueses tencionam usar o subsídio de Natal para comprar prendas.

 

A percentagem registada este ano é superior à registada no ano passado, quando apenas 42% dos portugueses previam gastar o subsídio de Natal em prendas. Ainda assim, fica longe do verificado em 2011, altura em que 82% dos portugueses tencionavam gastar o subsídio em prendas de Natal.

 

Um quarto dos consumidores afirmam que vão gastar apenas uma pequena parte do subsídio, enquanto 27% dizem que tencionam gastar uma parte significativa do subsídio e 4% garante mesmo que o subsídio de Natal não vai ser suficiente para comprar as prendas.

 

Pelo contrário, 8% dos consumidores afirmam não comprar prendas de Natal e 26% não recebem subsídio.

 

Os consumidores entre os 35 e os 44 anos são os que mais utilizam o subsídio de Natal para comprar prendas (72%), já a faixa etária dos 18 aos 24 anos é a que menos gasta o subsídio em prendas de Natal (17%).

Ver comentários
Saber mais Consumo Natal subsídio compras
Outras Notícias