Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

'Manteros' de Barcelona vão vender ténis de marca própria fabricados no Porto

A pandemia e a consequente falta de turistas complicaram a vida aos vendedores de rua de Barcelona, que decidiram criar a sua própria marca de sapatos. Custam 115 euros e podem ser comprados online, ou numa loja na cidade catalã.

João Ruas Marques 09 de Junho de 2021 às 13:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os vendedores de rua de Barcelona ('manteros', como são conhecidos em Espanha), que habitualmente vendem material contrafeito, organizaram-se para criar a sua própria marca de ténis produzidos em Alicante e no Porto com métodos artesanais e responsáveis.

Chama-se Top Manta e, no logótipo, pode ver-se uma espécie de um tapete ondulante em alusão às mantas que colocam sobre o chão da rua e de onde habitualmente vendem os seus produtos, mas também uma recordação da perigosa viagem marítima que muitos dos vendedores - maioritariamente senegaleses - tiveram de fazer para chegar ao país.

Para já, a marca conta com apenas um modelo disponível em várias cores. Chamam-se Ande Dem, que em uolof – um idioma falado sobretudo na África Ocidental e pela maioria destes vendedores – significa "caminhando juntos", e foram desenhados por um grupo de vendedores com a ajuda de uma arquiteta e uma designer locais.

Ao The Guardian, Lamine Sarr, uma representante da marca explicou que os vendedores de rua em Barcelona "sempre foram criticados e perseguidos por venderem cópias", e que para contrariar isso têm agora a sua própria marca.

À segunda é de vez

Esta não é, contudo, a primeira tentativa de uma cooperativa de 'manteros' para estabelecer uma marca própria. Segundo o jornal britânico, em 2017 estes vendedores compravam ténis produzidos na China para lhes colocar um logótipo próprio e vendê-los como seus, sem grande sucesso.

Desta vez, os sapatos vão ser produzidos em duas fábricas com recurso a técnicas artesanais e com uma produção responsável que entregou até agora cerca de 400 pares, com o preço fixado em 115 euros.

Outra novidade é o canal de venda. Em vez das tradicionais mantas sobre o chão, estes sapatos podem ser comprados na loja física da cooperativa, em Barcelona, ou online com a certeza de que todos os lucros serão canalizados para a construção e expansão da marca e apoios ao 'manteros'.

Para além de um rendimento, a marca ajudou já 120 destes vendedores a obter uma licença de residência já que em Espanha é necessário manter uma morada fixa durante um ano, viver há três no país e apresentar um contrato de trabalho e prova de aprendizagem da língua.

Ver comentários
Saber mais calçado sapatos Barcelona Manteros Ande Dem Top Manta
Outras Notícias