Empresas Membros da administração da RTP demitem-se

Membros da administração da RTP demitem-se

Os dois vogais do conselho de administração da RTP, Maria do Rosário Mattos e Francisco Pacheco Mendes, e o presidente da mesa da assembleia geral, João Soares Louro, apresentaram hoje a sua demissão dos cargos que ocupavam.
Ricardo Domingos 09 de maio de 2002 às 12:31
Os dois vogais do conselho de administração da RTP, Maria do Rosário Mattos e Francisco Pacheco Mendes, e o presidente da mesa da assembleia geral, João Soares Louro, apresentaram hoje a sua demissão dos cargos que ocupavam, segundo a Lusa.

As renúncias foram comunicadas por escrito e as cartas entregues hoje nas instalações da empresa, segundo a mesma fonte, num momento em que parece crescer a pressão do Governo do PSD sobre a administração da RTP indicada pelo anterior Executivo socialista.

Contactada pelo Negocios.pt, a RTP não se encontrou disponível para comentar.

Na quarta-feira, o ministro Nuno Morais Sarmento prometeu novidades na televisão pública «para breve».

O administrador Francisco Pacheco Mendes justificou a decisão, «que estava tomada há um mês», com a mudança de tutela, esclarecendo que não apresentou a demissão nessa altura porque «poderia dar ideia de tentativa de desresponsabilização», de acordo com a mesma fonte.

«Quando vim para a RTP, fui convidado para um projecto e agora há novos actores e há um novo projecto, pelo que não faz sentido continuar», disse o administrador demissionário.

Francisco Pacheco Mendes detinha actualmente os pelouros da Direcção de Sistemas de Informática, dos Recursos Humanos, da Engenharia e Tecnologia e dos Novos Projectos e Arquivo.

A demissão de Francisco Pacheco Mendes, que integrava o CA da RTP desde Março de 2000, surge no mesmo dia da demissão de Maria do Rosário Mattos, também ela vogal da administração da empresa pública.

«Foi uma coincidência», garante Pacheco Mendes, que acrescentou que «não sabia» que a sua colega de Conselho também renunciaria hoje ao cargo.

A administradora detinha actualmente os pelouros do Gabinete Jurídico e da Divisão de Relações Internacionais e Distribuição, tendo também sido responsável pelos Recursos Humanos.

Membro do CA da televisão pública desdeOutubro de 1998, Maria do Rosário Mattos não quis justificar a sua decisão.

A onda de demissões no Conselho de Administração, do qual restam apenas em funções o presidente João Carlos Silva e a vice-presidente Maria da Conceição Leal, alargou-se igualmente ao presidente da mesa da assembleia geral da RTP, João Soares Louro, que também renunciou hoje ao cargo.




Marketing Automation certified by E-GOI