Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Meo passa a ser accionista da Sport TV com 25% do capital

A operadora concluiu as negociações para integrar a estrutura accionista do canal de desporto. A Meo passa a ter 25% do capital da Sport TV, a par com a Nos, a Olivedesportos de Joaquim Oliveira e a Vodafone.

Processos contra a gestão da PT: No sétimo mês do ano, os minoritários da Portugal Telecom (PT) avançaram com processo contra a gestão da empresa, pela aplicação que fez de 900 milhões de euros em dívida da Rioforte. Os processos chegaram depois de Zeinal Bava, ex-presidente da PT, ter sido ouvido em comissões de inquérito.
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 24 de Fevereiro de 2017 às 16:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Meo é a nova accionista da Sport TV, tendo passado a deter 25% do capital social do canal e respectivos direitos de voto. O anúncio da concretização do acordo foi feito esta sexta-feira, 24 de Fevereiro.

Com a entrada da operadora liderada por Paulo Neves, a estrutura accionista da Sport TV passa a ser dividida em partes iguais pela Olivedesportos, de Joaquim Oliveira, pela Nos e pela Vodafone, que tinha entrado no capital do canal em Julho do ano passado.

Para Paulo Neves, chairman e CEO da Meo, "a nova estrutura do capital social da Sport TV beneficia, acima de tudo, os nossos clientes e o mercado português, e garante ao Meo e aos outros operadores acesso aos conteúdos desportivos considerados essenciais em condições de mercado equitativas e não discriminatórias", lê-se no comunicado emitido pela operadora.

Já Joaquim Olveira, presidente do conselho de administração da Sport TV, considera que a nova composição acionista do canal "complementa e fortalece a sua estratégia de crescimento e inovação. Vamos continuar a investir em novos conteúdos, novos profissionais e numa programação mais rica e diversificada para surpreender os clientes e captar novos públicos", acrescenta, em comunicado emitido pelo canal.

O regresso da PT ao universo accionista da Sport TV acontece meio ano depois da operadora ter anunciado que tinha assinado um acordo de entendimento com os restantes accionistas e estava a realizar um processo de auditoria contabilística e legal à Sport TV para concluir a operação.

Os valores do negócio não foram divulgados, mas a operação deverá ser feita através de um aumento de capital, tal como aconteceu na entrada da Vodafone.

Passados 11 anos a PT volta assim a estar presente no "board" da Sport TV, depois de em 2007, à data liderada por Zeinal Bava, ter sido obrigada a sair do capital do canal de desporto no seguimento do "spin off" da PT Multimédia – que veio dar lugar à Zon que ficou com a participação na Sport TV.

Em 2012 a PT já tinha reentrar na estrutura accionista da Sport TV, mas a operação de concentração, denominada Operação Triângulo, acabou por ser chumbada pela Autoridade da Concorrência em 2014 por considerar que suscitava "entraves significativos à concorrência".

Na altura, o canal era detido em 50% pela Sportinveste, empresa de Joaquim Oliveira, com os restantes 50% nas mãos da Zon (agora Nos). A operação pretendia levar a PT a entrar no capital da Sport TV, ficando com os mesmos 25% da Nos. A Sportinveste manteria os 50%, mas entraria com a Olivedesportos.

 

Ver comentários
Saber mais Joaquim Oliveira Meo Sport TV Paulo Neves Vodafone Olivedesportos Nos
Mais lidas
Outras Notícias