Comércio Mercadão alarga horário para entregar compras online do Pingo Doce

Mercadão alarga horário para entregar compras online do Pingo Doce

O “marketplace” que assegura as vendas através da Internet da retalhista alimentar, entre outras marcas, estendeu as entregas de manhã e ao final do dia e está a recrutar mais uma centena de compradores no Porto e Lisboa.
Mercadão alarga horário para entregar compras online do Pingo Doce
João Miguel Rodrigues
António Larguesa 18 de fevereiro de 2020 às 19:16

A partir das 9h30 e até às 21h, incluindo aos fins de semana. É este o novo horário estendido – de manhã e ao final do dia – do Mercadão para a entrega das compras feitas através da plataforma, que assegura a operação de comércio eletrónico do Pingo Doce, entre outras marcas de vários setores de atividade.

 

Gonçalo Soares da Costa, o responsável pelo marketplace que está em funcionamento desde janeiro de 2018, sublinha ao Negócios que "o alargamento de horários vai de encontro à vontade demonstrada pelos consumidores, após questionário", permitindo a escolha de "slots" de entrega de meia hora.

 

Esta alteração operacional vai obrigar a empresa de e-commerce a recrutar perto de uma centena de novos compradores ("personal shoppers") durante o primeiro semestre, para atuar sobretudo nas zonas do Porto e de Lisboa. As candidaturas estão abertas no site da empresa, exigindo viatura própria, smartphone com plano de dados e o ensino secundário como habilitação mínima.

 

Além das duas principais cidades do país, a plataforma que tem como lojas de referência o Pingo Doce, The Body Shop, Ornimundo, LEV ou Science4You – está disponível em mais de uma dezena de outras localidades. É o caso de Braga, Guimarães, Póvoa de Varzim, Matosinhos, Maia, Vila Nova de Gaia, Coimbra, Oeiras, Amadora, Alverca, Odivelas, Loures, Cascais, Sintra, além da região algarvia.

 

Sem detalhar os valores, o gestor que dirigiu o negócio do Continente Online até 2014 fala apenas de um crescimento superior a 300% no ano passado, com "dezenas de milhar de entregas" a serem concretizadas por 140 pessoas, que são responsáveis também por fazer as compras nas lojas parceiras. "O objetivo para este ano é continuar a crescer ao mês o que o mercado cresce ao ano", acrescentou.

 

A "maior fatia de vendas" é do Pingo Doce, que no início do século lançou o primeiro supermercado virtual do país e que acaba de investir 2,5 milhões numa loja-laboratório que não aceita dinheiro físico. Pela procura natural pela marca neste canal e porque as entregas alimentares foram prioritárias no lançamento desta plataforma. "Fazendo bem a entrega de frescos no mesmo dia, estamos preparados para entregar tudo", conclui Gonçalo Soares da Costa.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI