Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mercado chinês ajuda Nike a aumentar lucros em 23%

Os lucros da marca de artigos desportivos Nike superaram as expectativas e subiram para os 1,18 mil milhões de dólares (mais de mil milhões de euros) durante os meses de Junho, Julho e Agosto de 2015, um aumento de 23% face ao mesmo período do ano passado.

Bloomberg
André Vinagre andrevinagre@negocios.pt 25 de Setembro de 2015 às 11:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O aumento das vendas no mercado chinês fez com que a Nike registasse uma subida de 23% nos lucros relativamente ao período homólogo, revelou a empresa esta sexta-feira, dia 25 de Setembro, citada pela BBC.

 

Entre os meses de Junho, Julho e Agosto, os lucros da empresa subiram para os 1,18 mil milhões de dólares (mais de mil milhões de euros), enquanto o total de receitas também aumentou 5,4% para os 8,41 mil milhões de dólares (7,5 mil milhões de euros).

 

As vendas na China renderam à empresa norte-americana 886 milhões de dólares, mais 30% que no período homólogo do ano passado. Este resultado positivo na China surge mesmo após o abrandamento da economia no país, que terá o menor crescimento em 25 anos, diz a BBC.

 

Apesar de muitas empresas sentirem dificuldades face à desaceleração da economia chinesa, a Nike revela que as vendas no país foram "extraordinárias" e que houve um forte aumento no desempenho de todas as categorias.

 

Andy Campion, director financeiro da marca, disse que "estamos muito conscientes da volatilidade macroeconómica da China, mas a nossa marca nunca esteve tão forte e o nosso mercado nunca esteve tão saudável".

Ver comentários
Saber mais Nike China receita lucros
Outras Notícias