Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mercado de videojogos deverá superar os 18 mil milhões

As vendas de videojogos deverão atingir os 18 mil milhões de euros em todo o mundo, de acordo com as estimativas da DFC Intelligence.

9.º Consola Portátil da PlayStation
Negócios 11 de Março de 2014 às 14:50
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

O mercado de videojogos continua a crescer, especialmente no segmento de jogos de computador, avança a Electronic Arts (EA) em comunicado de imprensa, com base nos dados da DFC Intelligence.

 

Segundo a mesma fonte, o mercado de videojogos deverá ultrapassar os 18 mil milhões de euros em todo o mundo. A expectativa da EA baseia-se no último relatório da DFC Intelligence, empresa de pesquisa, que revela uma maior disposição dos utilizadores para adquirir extras complementares aos jogos originais.

 

“Apesar de, no passado ano, o foco das produtoras ter sido o lançamento de jogos para as novas consolas de terceira e quarta geração, os grandes jogos de referência, como FIFA 14 e o Battlefield 4 não descuraram este importante target, que são os jogadores de PC”, comenta em comunicado o director de publicidade da EA Ibéria, Martin Sibille.

 

“Temos orgulho de contribuir para a obtenção destes resultados tão positivos e estamos confiantes que estes dados vão permitir um crescimento do mercado dos videojogos, também em Portugal. Estamos atentos e preparados para acompanhar a evolução do mercado português em todas as mudanças inerentes ao mesmo”, acrescentou o responsável.

 

O director de publicidade refere ainda a aposta no desenvolvimento de aplicações para tablets como o melhor exemplo deste acompanhamento, uma vez que permite aos utilizadores acederem aos jogos nos novos equipamentos.

 

Segundo o comunicado da EA, a venda de tablets aumentou 134% no ano passado atingindo as 760 mil unidades,  uma“tendência que se revela um desafio para os produtores, uma vez que a grande maioria dos jogos lançados no mercado português ainda não são compatíveis com estes equipamentos”.

 

 

 

 

Ver comentários
Saber mais Mercado videojogos
Outras Notícias