Automóvel Mercedes Classe A acelera e é o 2.º modelo mais vendido em Portugal

Mercedes Classe A acelera e é o 2.º modelo mais vendido em Portugal

A subida do Classe A da Mercedes-Benz ao segundo lugar na lista dos modelos de automóveis ligeiros de passageiros mais vendidos em Portugal nos primeiros dez meses do ano é a principal novidade. O Renault Clio mantém a liderança e o Nissan Qashqai, vice-líder em 2018, sai do Top 10.
Mercedes Classe A acelera e é o 2.º modelo mais vendido em Portugal
Pedro Curvelo 16 de novembro de 2019 às 17:40
O Renault Clio foi o modelo de automóvel ligeiro de passageiros mais vendido em Portugal nos primeiros dez meses deste ano. O carro mais popular da fabricante francesa manteve a liderança do mercado, que já lhe pertencia em 2018 e 2017. No entanto, a quota de mercado encolheu dos 5,95% registados no total do ano passado para os 4,89%. Entre janeiro e outubro foram vendidas 9.281 unidades deste modelo.

O segundo lugar pertence ao Mercedes-Benz Classe A, com 6.817 veículos vendidos e uma quota de mercado de 3,59%. O modelo mais barato da marca "premium" alemã já vendeu mais unidades do que em todo o ano passado (5.667), quando foi o sexto modelo mais popular no mercado nacional.

A Renault conta com outro modelo no pódio dos carros mais vendidos: o Captur. Nos primeiros 10 meses do ano a marca francesa vendeu 6.338 unidades deste modelo, superando já o total de 2018, ano em que as vendas somaram 6.189 veículos, que lhe valeram o quarto lugar.

O Citroën C3, do grupo PSA, subiu da sétima para a quarta posição e conta com vendas na ordem das 5.134 unidades, apenas menos 22 do que em todo o ano passado. A quota de mercado subiu de 2,26% para 2,71%.

Também da PSA, o Peugeot 208 é o quinto modelo mais popular em Portugal. Este modelo soma 4.924 viaturas vendidas até final de outubro, mas viu a quota de mercado baixar dos 2,76% para 2,6%, caindo do terceiro para o quinto posto no "ranking".

Entre os modelos mais vendidos destaca-se ainda a subida do Fiat Tipo, que passou da 18.ª posição em 2018 para o oitavo lugar. O modelo da marca italiana vendeu 4.465 unidades em dez meses, superando largamente as 3.389 viaturas vendidas em todo o ano passado.

Em sentido inverso, o Nissan Qashqai, segundo modelo mais vendido em 2018, ocupa agora apenas a 12.ª posição. O SUV da marca nipónica soma 3.514 unidades vendidas até outubro e a quota de mercado encolheu de 2,99% para 1,85%.

O Volkswagen Polo e o Opel Corsa também caíram no "ranking", passando da décima e 11.ª posições para 19.º e 20.º, respetivamente. O modelo da Volkswagen era o oitavo carro mais vendido em Portugal em 2017. Mas o "irmão" Golf regista uma evolução ainda mais negativa: em 2017 era o sexto mais vendido e agora surge no trigésimo posto.

Dois elétricos no Top 50

Entre os 50 modelos mais vendidos em Portugal figuram dois carros 100% elétricos. O Nissan Leaf, com 1.506 unidades, ocupa o 37.º posto, subindo seis lugares face a 2018.

Já o Model 3 da Tesla ocupa o 46.º lugar, com 1.232 veículos vendidos. A Associação Automóvel de Portugal (ACAP) só começou a recolher dados das vendas da marca liderada por Elon Musk este ano.

O segmento de automóveis ligeiros de passageiros totalmente elétricos soma 5.857 unidades vendidas nos primeiros dez meses deste ano, uma subida de 81,2% face a igual período de 2018. Este segmento vale já 3,1% do mercado nacional de ligeiros de passageiros.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI