Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Merrill Lynch regista custos extraordinários de 1,9 mil milhões de euros com despedimentos

A Merril Lynch vai enfrentar custos extraordinários de 1,9 mil milhões de euros no quarto trimestre de 2001, devido aos encargos relativos à redução de nove mil trabalhadores e ao encerramento de unidades de negócio.

João Mata 09 de Janeiro de 2002 às 16:05
A norte-americana Merril Lynch vai enfrentar custos extraordinários de 1,7 mil milhões de dólares (1,9 mil milhões de euros) no quarto trimestre de 2001, devido aos encargos relativos à redução de nove mil trabalhadores e ao encerramento de unidades de negócio.

Segundo adiantou hoje a corretora, as medidas adoptadas irão permitir uma redução dos custos na ordem dos 1,4 mil milhões de dólares (1,57 mil milhões de euros) anuais, a contar do corrente exercício.

No último trimestre de 2001, a Merrill Lynch estima registar lucros entre os 0,48 e os 0,50 dólares (0,54 e 0,56 euros) por acção, excluindo resultados extraordinários, números em linha com as previsões dos analistas.

No mesmo período, as receitas da companhia terão recuado cerca de 8% face aos três meses anteriores, devido ao agravamento das quebras registadas nos segmentos de banca de investimento e de corretagem.

As acções da Merrill Lynch seguiam a ganhar 2,66% para os 57,94 dólares (64,90 euros).

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio