Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Metro do Porto sem dinheiro para pagar as dívidas "corre o risco de parar"

Ricardo Fonseca, presidente do conselho de administração do Metro do Porto, está de saída e revela gravidade das deficiências do financiamento da empresa.

Andreia Major amajor@negocios.pt 30 de Maio de 2011 às 08:37
  • Partilhar artigo
  • 9
  • ...
De acordo com o “Jornal de Noticias”, o Metro do Porto está sem dinheiro para pagar as dividas.

As revelações foram feitas por Ricardo Fonseca, presidente do conselho administrativo do Metro do Porto, que apenas cumpriu um mandato na empresa.

Este indicou a sua decepção pelo congelamento da segunda fase da rede e voltou a referir a gravidade das deficiências do financiamento da empresa.

A dívida de 200 milhões de euros que a empresa possui vence em Julho, e o governo ainda não deu garantias do pagamento da mesma. O presidente diz que “o metro corre o risco de parar”, de acordo com o "Jornal de Notícias".

O mesmo disse que não iria continuar a liderar a administração da empresa por razões pessoais. “Quando o governo manifestou intenção de criar um modelo de gestão articulada entre a Metro e a STCP, disponibilizei-me para participar no grupo de trabalho para definir o novo modelo. Mas disse que não faria um novo mandato na Metro.”

Ricardo Fonseca avança que esse modelo não é para avançar já, porque embora tenha sido anunciado no final de 2010 o grupo de trabalho ainda não foi criado. “É muito provável e desejável que o novo governo pegue no projecto”, declara o Presidente.
Ver comentários
Saber mais Metro Porto dívidas
Outras Notícias