Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mexia assegura que descidas de rating "não alteram absolutamente nada na EDP"

"Não alteramos nada na disciplina financeira que temos", afirmou o presidente da EDP, depois de a Fitch ter reduzido a notação da eléctrica, tal como a Moody’s fez.

Miguel Prado miguelprado@negocios.pt 28 de Março de 2011 às 10:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
CEO da EDP lembra que o grupo está financiado até 2013.
O presidente executivo da EDP, António Mexia, acredita que as duas descidas de “rating” de que a eléctrica foi alvo no espaço de uma semana “não alteram absolutamente nada” na estratégia e na actividade do grupo.

“Nada do que tem acontecido tem a ver com os fundamentais da EDP”, sublinhou António Mexia, em declarações ao Negócios, à margem do lançamento de uma iniciativa da EDP de promoção da mobilidade eléctrica.

O CEO da EDP lembra que “a EDP está pré-financiada até 2013” e dessa forma está a salvo de potenciais efeitos negativos da revisão em baixa do seu “rating”. “Não alteramos nada na disciplina financeira que temos”, acrescenta António Mexia.

O mesmo responsável não espera que os custos de financiamento da EDP se agravem em resultado das descidas de notação. Só em 2010 a EDP, que tem uma dívida líquida superior a 16 mil milhões de euros, pagou 557,6 milhões de euros em juros.

Na sexta-feira a agência Fitch baixou a notação de “rating” da dívida sénior de longo prazo da EDP e da sua subsidiária EDP Finance BV para “A-” colocando-a sob vigilância para revisão negativa. A revisão em baixa veio na sequência da descida do “rating” da República Portuguesa.

Já no dia 17 a Moody’s tinha igualmente baixado o “rating” de longo prazo da EDP e da sua subsidiária EDP Finance BV.

Ver comentários
Saber mais EDP ANtónio MExia rating Fitch
Mais lidas
Outras Notícias