Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Michelin regista quebra de receitas no primeiro trimestre de 2014

Apesar de ter aumentado o volume de negócios em 3,4%, a fabricante de pneus foi prejudicada pelo mercado cambial do euro face ao dólar.

Michelin Pilot Sport Cup
Bloomberg
Diogo Ferreira Nunes diogonunes@negocios.pt 24 de Abril de 2014 às 11:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Michelin baixou em 2,4% as receitas nos primeiros três meses de 2014. A descida de 4,88 para 4,76 mil milhões de euros foi ontem anunciada através de comunicado.

 

A queda das receitas ocorreu apesar da fabricante de pneus ter aumentado as vendas em volume em 3,4%. A subida só não foi maior por causa da “crise na Ucrânia e o enfraquecimento da economia russa”, justificou o CFO da Michelin, Marc Henry, citado pela Bloomberg.

 

As encomendas diminuíram 8% no mercado da Europa de leste.

 

Apesar do aumento no volume de vendas, a empresa francesa foi prejudicada em 232 milhões de euros devido ao efeito da valorização do euro face às restantes moedas mundiais.

 

A Michelin mantém como objectivo aumentar as vendas em 3% até ao final do ano. A fabricante tem um plano para diminuir os custos em um milhão de euros até 2016 e pretende atingir um resultado operacional de 2,9 mil milhões de euros em 2015.

 

As acções da Michelin estão a desvalorizar 3,04% para 98,93 euros. 

Ver comentários
Saber mais Michelin Marc Henry resultados indústria
Mais lidas
Outras Notícias