A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Microsoft cria centro de excelência em Évora em parceria com Via Tecla

A Microsoft anunciou hoje a criação de um centro de excelência na Universidade de Évora, em parceria com a Via Tecla que funcionará como laboratório .Net para a investigação e desenvolvimento profissional de software, adiantou Neil Holloway, presidente da

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 19 de Abril de 2006 às 18:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Microsoft anunciou hoje a criação de um centro de excelência na Universidade de Évora, em parceria com a Via Tecla que funcionará como laboratório .Net para a investigação e desenvolvimento profissional de software, adiantou Neil Holloway, presidente da Microsoft EMEA.

Esta iniciativa enquadra-se no âmbito do protocolo que a maior fabricante de software do mundo celebrou em Fevereiro passado com o Governo.

Este centro será gerido pela Via Tecla e servirá para fazer a gestão contínua de micro-projectos para a integração em soluções reais.

Em simultâneo, a Microsoft está a ultimar um acordo com a Universidade de Évora para constituir uma academia de tecnologias de informação, a fim de disponibilizar cursos do curriculum da empresa norte-americana.

Parceria com ministério da Economia

A Microsoft assinou um protocolo «Competências em Software» com o ministério da Economia e com outras entidades como as Universidades do Minho, Aveiro, Beira Interior, FORINO, Iapmei e RECET, com vista a dar seguimento ao memorando de entendimento entre a empresa e o Governo.

Este acordo visará a criação de centros de desenvolvimento de software por indústria que serão implementados em cooperação com a Rede Nacional de Centros de Especialização Tecnológica-RECET.

Este protocolo também tem em vista a realização de cursos de especialização tecnológica, nas referidas universidades e na escola tecnológica FORINO. Estes cursos terão inicio em Setembro de 2006, abrangendo 400 alunos e até ao final de Junho a Microsoft formará 16 professores para ministrar os cursos.

Mais lidas
Outras Notícias