Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Microsoft em conversações para investir na Yahoo

A gigante tecnológica junta-se à lista de potenciais interessados na empresa liderada por Marissa Mayer, numa altura em que a Yahoo procura compradores para o seu negócio fundamental.

Bloomberg
Inês F. Alves inesalves@negocios.pt 28 de Março de 2016 às 11:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Escreve a Reuters que, segundo uma fonte próxima do processo negocial, a Microsoft está em conversações preliminares com investidores interessados em comprar a Yahoo, que tem vindo a enfrentar problemas financeiros.

Adianta a fonte da Reuters que a iniciativa partiu dos investidores privados e que a Microsoft está focada em preservar as relações que tem com a empresa liderada por Marissa Mayer. A Yahoo e a Microsoft tem acordos vigentes ao nível da publicidade e da pesquisa.

A Yahoo, que fechou 2015 com prejuízos de 4.435 milhões de dólares (4.063 milhões de euros) face a lucros de 152 milhões de euros um ano antes, começou a abordar compradores em Fevereiro deste ano.

O objectivo da empresa é vender participações do ser negócio "core" que inclui o serviço de email, de pesquisa (motor de busca) e de notícias (portal).

À data, noticiava a Bloomberg, entre os potenciais interessados na Yahoo estavam a Verizon Communications, a Comcast, a AT&T, assim como a Bain Capital Partners, a KKR & Co e a TPG.

Na última quinta-feira, 25 de Março, o fundo Starboard Value, que detém cerca de 1,7% da empresa, exigiu a reformulação do conselho executivo, incluindo do lugar ocupado por Marissa Mayer, CEO quer comanda os destinos da empresa há quase quatro anos e que tem sido pressionada pelos accionistas para apresentar resultados.

Face aos prejuízos de 2015, a Yahoo tem um curso um processo de reestruturação que inclui um corte de 15% na força de trabalho e o encerramento de operações em cinco localizações. A empresa pretende ainda reduzir despesas este ano na ordem dos 365 milhões de euros por dia e aumentar em 8% as receitas de publicidade. A venda de activos deverá render entre 915 a 2.750 milhões de euros.

Recorda a Reuters que o interesse da Microsoft na Yahoo tem lugar quase uma década depois de Steve Ballmer ter oferecido 45 mil milhões de dólares (40,3 mil milhões de euros) pela Yahoo. A incursão do então CEO da Microsoft, em 2008, não teve sucesso.

Ver comentários
Saber mais Reuters Microsoft Yahoo Marissa Mayer Bloomberg Verizon Communications Starboard Value tecnologia empresas
Mais lidas
Outras Notícias