Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Microsoft termina esta terça-feira o suporte ao Windows XP

A Microsoft, ao fim de 12 anos, vai deixar, a partir desta terça-feira, 8 de Abril, de dar suporte ao Windows XP, o sistema operativo com a vida mais longa na história da empresa.

Bloomberg
Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 08 de Abril de 2014 às 15:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

Passada mais de uma década, a Microsoft admite, em comunicado, que “o XP é hoje um sistema operativo limitado, incapaz de suportar algumas das novas aplicações recentemente lançadas, bem como de assegurar os níveis de segurança, estabilidade e produtividade que empresas e particulares necessitam”.

 

A partir deste 8 de Abril, a empresa norte-americana de “software” vai deixar de lançar actualizações para correção de vulnerabilidades, de "bugs" [pequenos defeitos], ou novas funcionalidades, entre outras.

 

Assim, a Microsoft aconselha os utilizadores a “instalar uma opção mais moderna do sistema operativo Windows, mais preparada para lidar com os desafios tecnológicos dos dias de hoje”, acrescentou a mesma fonte.

 

No campo empresarial, a Microsoft alerta que o fim do suporte ao XP poderá acarretar desafios: como a possibilidade de perda de informação pela vulnerabilidade a ataques, aumento dos custos de manutenção do PC sem actualização de segurança, ou falhas em auditorias e perda de certificações de qualidade.

 

A empresa, citando números da IDC Portugal, alerta que “o custo anual hoje de manutenção de um PC com Windows XP é de 548 euros, valor que desce para os 150 euros no caso de ser um computador com Windows 8 (menos de um terço)”.

 

“Para as pequenas empresas, a Microsoft disponibiliza o Windows Upgrade Assistant que permite verificar a compatibilidade do hardware e software instalado num PC. Para as empresas de maior dimensão, cujo processo de migração é mais complexo, existe um conjunto de outras ferramentas que podem também ajudar neste processo e que estão disponíveis em www.microsoft.com/springboard”, detalhou a mesma fonte.

 

Em Portugal, como o Negócios noticiou, as caixas multibanco [ATM] em Portugal vão escapar à falta de suporte do Windows XP, sistema operativo da Microsoft, que está presente em cerca de 95% dos ATM do mundo. 

 

Em Portugal, "nos casos mais específicos como ATM, POS [máquinas de pagamento nas lojas], equipamentos fabris ou outros, a maior parte dos dispositivos é fabricado com o Windows XP Embedded pré-instalado e esta versão tem um ciclo de vida independente e o seu suporte só vai terminar no dia 12 de Janeiro de 2016", como explicou ao Negócios, Rita Santos, directora do negócio Windows na Microsoft Portugal.

 

Mas, nem assim Portugal deverá ser afectado: "O fim do suporte técnico ao Windows XP não terá qualquer impacto na Rede de ATM Multibanco, nem põe em causa a sua segurança", garantiu fonte oficial da gestora da rede Multibanco. Os ATM nacionais utilizam um sistema operativo diferente e daí ficar de fora destas alterações.

 

Também em relação ao Office, a Microsoft vai deixar de dar suporte à versão de 2003, aconselhando à migração para o Office 365.

 

O fim do XP poderá acelerar a renovação do parque informático de algumas empresas, cujas máquinas poderão não aguentar o processamento dos novos Windows 7 e 8.1. Contudo, a Microsoft refere que equipamentos com seis ou sete anos suportam os novos sistemas operativos, sem haver necessidade de novo investimento.

Ver comentários
Saber mais Microsoft Windows XP
Mais lidas
Outras Notícias