Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Millennium atribui potencial de queda às acções da Martifer

O Millennium Investment Banking (IB) actualizou a avaliação atribuída à Martifer, elevando o preço-alvo para 4,05 euros, no final de 2010. Contudo, e dada a forte valorização recente das acções da empresa de Oliveira de Frades, o potencial é agora de queda, pelo que o banco de investimento recomenda "reduzir".

Paulo Moutinho 14 de Outubro de 2009 às 10:29
  • Partilhar artigo
  • 18
  • ...
O Millennium Investment Banking (IB) actualizou a avaliação atribuída à Martifer, elevando o preço-alvo para 4,05 euros, no final de 2010. Contudo, e dada a forte valorização recente das acções da empresa de Oliveira de Frades, o potencial é agora de queda, pelo que o banco de investimento recomenda “reduzir”.

“Alterámos o preço-alvo de 3,75 euros, no final de 2009, para 4,05 euros, no final de 2010”, refere o analista António Seladas, numa nota de investimento a que o Negócios teve acesso. É um aumento de 8% na avaliação, mas que fica abaixo do actual valor dos títulos no mercado de capitais.

A Martifer terminou a sessão de ontem em queda, corrigindo ligeiramente dos fortes ganhos registados na última semana. Hoje, as acções voltam a valorizar. Seguem em alta de 1,61%, a cotar nos 4,43 euros, acumulando uma subida de 24,4% em apenas semana e meio. Face ao novo “target” o potencial da Martifer é negativo (-8%).

“As principais alterações à nossa avaliação verificaram-se na unidade de estruturas metálicas, já que o abrandamento verificado nos últimos trimestres parece-nos agora ultrapassado”, sublinha o Millennium IB. Além das estruturas metálicas, o banco divide a Martifer noutras duas unidades: sistemas de energia e geração de energia.

“Sublinhamos que nos últimos meses a Martifer fez decisões interessantes, demonstrando um aumento do foco [no negócio principal], nomeadamente com a venda da unidade de biodiesel, e a compra de 25% da Ventivest e a ‘joint-venture’ com uma companhia norte-americana”, acrescenta o "research".



Ver comentários
Outras Notícias