Comércio Minipreço "expectante" com chegada da Mercadona
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Minipreço "expectante" com chegada da Mercadona

Apesar de ter “consciência da força” da Mercadona, a dona do Minipreço está confiante que vai manter a sua “posição de proximidade” com os portugueses. Este ano o grupo vai investir 25 milhões em Portugal.
Minipreço "expectante"  com chegada da Mercadona
Eduardo Martins/Correio da Manhã
Sara Ribeiro 22 de fevereiro de 2018 às 22:40

A entrada da Mercadona no mercado português não parece intimidar o Minipreço, detido pelo grupo espanhol Dia. "Estamos à espera" da chegada da Mercadona a Portugal, referiu Amando Sánchez, director executivo de Portugal )

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Francisco António 23.02.2018

A Sonae que paga mal é que vai levar umas valentes bicadas da Mercadona ! E é verdade que no Continebte Bom dia a Operadoras de Caixa não se podem sentar nas cadeiras enquanto trabalham ?

Anónimo 23.02.2018

Se calhar se o Minipreço (só no nome porque os preços não são mini) e se as lojas tivessem mais higiene , mais qualidade nos produtos não tinha perdido tantos clientes.

Anónimo 23.02.2018

Como diz o Miranda de Prado; só afeta na primeira semana porque depois os clientes voltam ao menino... Os preços da nossa loja são imbatíveis...

MERCADONA EM PORTUGAL 22.02.2018

O Mini Preco, e quase uma loja de bairro, mas nao digam que nao afeta, porque afeta, mas o que mais vai sofrer e a Sonae, ou seja o continente ate mesmo o Pingo doce.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub