Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Moody’s melhora perspectiva da banca portuguesa para "estável"

A recuperação "modesta" da economia portuguesa e a estimativa de regresso aos lucros levou a agência de "rating" a melhorar a perspectiva da banca portuguesa, que estava "negativa desde 2008".

Pedro Catarino/Correio da Manhã
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 15 de Outubro de 2015 às 08:24
  • Assine já 1€/1 mês
  • 18
  • ...

A Moody’s subiu a perspectiva ("outlook") da banca portuguesa de "negativa" para "estável" devido à melhoria das condições para o sector, que beneficia da recuperação da economia nacional.


A agência de "rating" atribuía uma perspectiva negativa à banca portuguesa desde 2008. No relatório publicado esta quinta-feira não são analisados os "ratings" individuais dos bancos portugueses, que tal como da dívida soberana, continuam no nível de "lixo". 

"A recuperação económica modesta do país vai contribuir para estabilizar os fundamentais dos bancos portugueses e melhorar as condições de operação, o que se irá traduzir numa desaceleração gradual da deterioração da qualidade dos activos", salienta Maria Vinuela, responsável por este relatório publicado pela Moody’s.

A economia portuguesa regressou ao crescimento no ano passado e a agência assinala que "está a ter dificuldades em ganhar 'momentum' como outros periféricos como a Espanha e a Irlanda depois da crise das dívidas soberanas". A Moody's estima que o PIB de Portugal cresça 1,7% este ano e 1,8% em 2016, superando o crescimenot previsto para a Zona Euro (1,5% em ambos os anos).

Conclui a agência de "rating" que os bancos portugueses estão agora "melhor posicionados para absorver potenciais perdas, depois de terem sido recapitalizados, reestruturados e reforçadas as provisões para fazer frente ao crédito mal parado". Ainda assim a Moody’s assinala que a capacidade de absorção de perdas é actualmente inferior à verificada noutros bancos europeus.

A recuperação económica modesta do país vai contribuir para estabilizar os fundamentais dos bancos portugueses 
Moody's


A banca portuguesa registou prejuízos nos últimos anos devido aos efeitos da recessão da economia portuguesa, que deteriorou os balanços dos bancos e obrigou muitos deles a recorrer a ajuda estatal para reforçar os rácios de capital.

A Moody’s acredita que 2016 já será um ano de lucros para o sector, embora a rentabilidade permaneça em níveis reduzidos.

"Perspectivamos que ao longo dos próximos 12 a 18 meses o sistema bancário volte a ser rentável, apesar de a níveis fracos, devido à redução do custo do risco", afirma Vinuela. A capacidade de os bancos portugueses gerarem lucros vai continuar a ser constrangida pelo baixo nível das taxas de juro, assinala a Moody’s.

Quanto à liquidez do sistema financeiro português, a agência assinala que tem melhorado devido à desalavancagem dos bancos e à base de depósitos estável. Assinala contudo para o impacto da incerteza com a venda do Novo Banco, que pode obrigar as instituições financeiras a absorver parte das potenciais perdas que resultarem da operação.


A Moody’s atribui actualmente um "rating" de Ba1 à dívida soberana de Portugal.


Em Junho a agência alterou a sua metodologia de cálculo dos ratings dos bancos portugueses. A Caixa Geral de Depósitos e o Banco Comercial Português têm um "rating" de "B1", o quarto nível de "lixo", enquanto a notação do BPI está um nível acima, em "Ba3".  

As acções dos bancos portugueses estão a reagir em alta à análise da Moody's. O BCP avança 1,99% para 5,63 cêntimos, o BPI valoriza 1,67% para 1,097 euros e o Banif ganha 2,78% para 0,37 cêntimos.

Os ratings da Moody's para a banca portuguesa

Caixa Geral de Depósitos - Rating:  B1 Outlook: Estável

Banco Comercial Português - Rating: B1 Outlook: Estável

Banco BPI - Rating: Ba3 Outlook: Estável

Novo Banco - Rating: B2

Banco Santander Totta - Rating: Baa3  Outlook: Estável

Caixa Económica Montepio Geral - Rating: B1 Outlook: Estável

Banif - Rating: Caa2  Outlook: Negativo

Média – Rating: B1

(Notícia actualizada às 11h40 com mais informação)

Ver comentários
Saber mais Moody's rating banca
Mais lidas
Outras Notícias